PESQUISA / SUGESTÕES
RECEBA INFORMAÇÕES
22 de Junho de 2010 | Colunas | Categoria

Um grande escritor

Quem ainda não conhecia José Saramago (foto), deve ter ouvido falar no escritor em razão de sua morte na última sexta-feira e de sua importância para a literatura.

Alguns dizem tratarse de um marxista* contador de histórias, outros de um grande humanista.

Alguns o criticam por uma defesa radical, em seus escritos, de uma visão de mundo permeada pela defesa dos povos oprimidos e pela denúncia de nossa responsabilidade pelas injustiças sociais por uma espécie de alienação coletiva.

Definiu ele sobre a alienação: "Inventamos uma espécie de pele grossa que nos defende dessa agressão da realidade, que nos levaria a assumila, a percebermos o que se está a passar e a fazer o que finalmente se espera de um cidadão, que é a intervenção".

Ganhador do Prêmio Nobel da Literatura em 1998, Saramago tinha enorme capacidade de traduzir sentimentos sobre a realidade através de palavras e histórias que envolviam milhares de pessoas. Sua obra falava por meio de símbolos, do quanto nossas vivências nos influenciam e podem ou não transformar.

"...cada um de nós é, acima de tudo, filho das suas obras, daquilo que vai fazendo durante o tempo que cá anda", escreveu.

Em nossas atividades de formação, identificamos dificuldades na leitura e na interpretação de textos, fato que prejudica nossa compreensão da realidade e nossa ação mais qualificada.

Estimular a re-leitura de nosso mundo, pela leitura, era o trabalho à que se dedicava
este autor. Que tal aceitar o convite?

Marxista - adepto do conjunto de ideias filosóficas de contestação ao capitalismo elaboradas
por Karl Marx.

Departamento de Formação

00
comentários para esta matériaCOMENTAR
Sindicato dos Metalúrgicos do ABC
Rua João Basso, 231 - CEP 09721-100
Centro - São Bernardo do Campo/SP
TRIBUNA METALÚRGICA


VEJA TODAS AS EDIÇÕES
Buscar por Nº: