PESQUISA / SUGEST�ES
RECEBA INFORMAÇÕES
Blog CEMPI
4 de Outubro de 2019

A casa é nossa! 46 anos da Sede do Sindicato em São Bernardo

Antiga fachada do Sindicato. (Acervo SMABC)
 

Desde a primeira ata específica da comissão pró-construção em 9 de janeiro de 1971 até a inauguração em 6 de outubro de 1973 foram 33 meses em que os companheiros no Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias Metalúrgicas, Mecânicas e de Materiais Elétricos de São Bernardo do Campo e Diadema ergueram um canto para chamar de seu.

O que não é totalmente verdade porque o Sindicato não é só um espaço físico, é também o trabalhador dentro da fábrica. “Quem assinou o cheque para pagar a Sede fui eu”, lembrou orgulhoso o ex-dirigente e trabalhador na Ford Antenor Biolcatti, o popular Bigode, tesoureiro do Sindicato na época.

Segundo a edição número 10 da Tribuna Metalúrgica de junho de 1972, o empreendimento vultuoso, com projeto arrojado, marcaria a extraordinária capacidade colaborativa da categoria. Uma discussão em pauta desde 1962, quando se tem os primeiros registros da Direção em atas para aprovação da compra do terreno de dois lotes na atual rua João Basso, Centro de São Bernardo.

 

Acima, placa da obra da Sede do Sindicato e, na imagem abaixo, Paulo Vidal, presidente dos Metalúrgicos de São Bernardo do Campo e Diadema, em frente a construção. (Acervo SMABC)


Entre fundações de estacas e lajes cheias, a velocidade em que se concluía cada etapa da obra impressionava nos 3.700 metros quadrados e cinco pavimentos designados na maquete. E dava ainda mais ânimo para ver pronta a então Casa de Tiradentes, como foi batizada no início, inclusive com um busto do patrono (dos metalúrgicos) com os dizeres ‘Quando a luta pelo bem comum for árdua e contra nós se voltar a incompreensão dos poderosos, tua fala estará presente: “se dez vidas eu tivesse, dez vidas eu daria”’.

Grupos grandes como dos trabalhadores na Molins do Brasil, em São Bernardo, fábrica em que trabalhava o então presidente do Sindicato Paulo Vidal, visitaram a obra. “Tudo isso ao mesmo tempo em que nós, 24 diretores, acompanhávamos os mais de 147 mil metalúrgicos na base entre negociações de Campanha Salarial e assembleias em portas de fábricas”, disse Antenor.


Membros da Direção do Sindicato inspecionando a obra. (Acervo SMABC)


Evolução da construção do prédio. (Acervo SMABC)


“Uma curiosidade que apenas os companheiros da minha época devem lembrar é que para angariar fundos para a construção da Sede foram rifados cinco carros: duas Rural Willys; duas caminhonetes Ford, modelo F100; e um Jipe. A categoria participou ativamente, além do bom apoio de sindicatos da região na ocasião”, disse o ex-dirigente. 

Pouco tempo antes da mudança, o Sindicato que ficava na rua Stélio Machado Loureiro, nº 53, no Centro de São Bernardo, atrás do terminal Ferrazópolis, teve que ser transferido para um imóvel locado na rua Newton Prado, nº 90, ao lado da Praça Lauro Gomes. Em novembro de 1970, a direção do Sindicato recebeu um comunicado da Prefeitura de São Bernardo onde o prédio em que estavam instaladas as dependências da sede social seria desapropriado para, em seu lugar, ser aberta a continuação da Avenida Faria Lima.

Inauguração

Mais de 10 mil pessoas estiveram presentes no dia da inauguração, com o hasteamento das bandeiras do Brasil, do Estado de São Paulo e do Sindicato; visitação nas dependências do prédio; sessão solene; e a comemoração no Clube da Brastemp, com apresentação de bandas musicais e muita comida.

A então “Casa de Tiradentes” recebeu diversas personalidades nesta data. O governador do Estado, Laudo Natel; o secretário do Trabalho, Ciro Albuquerque; o representante do Ministério do Trabalho, José de Moura; o presidente da Federação dos Metalúrgicos do Estado de São Paulo, Argeu Egidio dos Santos; o prefeito de São Bernardo, Geraldo Faria Rodrigues; o prefeito de Diadema, Ricardo Puts; o prefeito de Santo André, Antonio Pezzolo; demais autoridades e dirigentes sindicais.

 

Inauguração da Sede do Sindicato em 6 de outubro de 1973. A partir da esquerda: Paulo Vidal, presidente do Sindicato; Laudo Natel, governador do Estado de São Paulo; Argeu Egidio dos Santos, presidente da Federação dos Metalúrgicos do Estado de São Paulo; e Geraldo Faria Rodrigues, prefeito de São Bernardo do Campo. (Acervo SMABC)


Busto de Tiradentes, patrono dos metalúrgicos. (Acervo SMABC)


Tudo isso durante o dia porque à noite um baile para mais de 300 casais embalou a estreia das atividades no 3º andar.

“Às vezes fecho os olhos e penso: será que a gente fez tudo isso mesmo”, lembrou saudoso Nelson Campanholo, membro da direção do Sindicato de 1969 a 1981. “Naquele tempo, nós da direção trabalhávamos no chão de fábrica e depois íamos direto para o Sindicato. Cada um tinha uma tarefa e nos revezávamos para atender os metalúrgicos de São Bernardo e Diadema. Se antes da Sede trabalhávamos 100%, depois da inauguração trabalhávamos 150%. Tudo pela causa, tudo pelos direitos dos trabalhadores”, finalizou.


CEMPI – Centro de Memória, Pesquisa e Informação do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC



 

00
comentários para esta matériaCOMENTAR
Posts - CEMPI

10/10/2019 - Vigília com cinco mil pessoas exige dignidade para crianças e adolescentes em 1993

04/10/2019 - A casa é nossa! 46 anos da Sede do Sindicato em São Bernardo

26/09/2019 - Mercedes - Trabalhadores e Sindicato entregam projeto Qualidade de Vida em 1994

18/09/2019 - Campanha Salarial 1989 - Uma base metalúrgica boa de briga

11/09/2019 - Mujica no Sindicato (vídeo): Só se muda o mundo com projetos coletivos

05/09/2019 - Meneguelli: a luta e articulação pela criação da CUT (vídeo)

04/09/2019 - Intervenção e assembleia marcam luta em 1994 por reposição salarial

27/08/2019 - A caminho da CUT (com documentário)

22/08/2019 - A origem da TV dos Trabalhadores, a TVT

14/08/2019 - Mobilização na Brastemp suspende demissões em 1992

07/08/2019 - Da CONCLAT à CUT (com documentário)

31/07/2019 - 48 anos de Tribuna: Um jornal para conversar com o trabalhador

26/07/2019 - TVT: Comissão de Fábrica na Ford no programa Memória e Contexto

23/07/2019 - 21 de julho de 1981: A conquista da Comissão de Fábrica na Ford (TRIBUNAS)

17/07/2019 - Relembre os congressos da categoria ao longo da história

16/07/2019 - 48 anos de Tribuna: (re) contando a história

11/07/2019 - Máquina parada, Anchieta ocupada! ABC pressiona contra a reforma da previdência em 1998

10/07/2019 - Se não fosse o Sindicato... a história do reintegrado ao emprego e à vida

04/07/2019 - Trabalhadores na Mercedes conquistam jornada de 40 horas em 1999

28/06/2019 - Campanha Salarial 1985: A conquista da redução da jornada de trabalho

19/06/2019 - Lucio Bellentani, lutador das boas causas. PRESENTE!

18/06/2019 - Alunos do Senai efetivados na Volks em 2011

17/06/2019 - O ABC da Copa

13/06/2019 - GREVE GERAL: A grande conquista do dia 21 de julho de 1983

06/06/2019 - As máquinas pararam e os trabalhadores começaram a cantar

04/06/2019 - O dia a dia da Campanha Salarial de 1982

03/06/2019 - Há 25 anos: Guiba assume presidência do Sindicato

30/05/2019 - Bombas e tiros atingem metalúrgicos do ABC durante ato em 1998

24/05/2019 - 1.500 trabalhadores na Mercedes protestam contra terceirização em 1992

15/05/2019 - Após 35 dias, acaba a greve na Autolatina em maio de 1991

14/05/2019 - Presstécnica: 30 anos da vitória do direito de greve

10/05/2019 - Vozes da categoria: João Ferrador e a Coluna do Sombra

09/05/2019 - Campanha de sindicalização 1998: Sindicato, uma questão de classe

06/05/2019 - 25 anos: Criada Comissão de Fábrica na Brastemp

23/04/2019 - Sindicato, o escudo do trabalhador

22/04/2019 - CNM-CUT: 27 anos de luta à frente dos metalúrgicos em todo o País

18/04/2019 - Mahle: 20 anos da última Comissão de Fábrica e a política permanente de negociação

16/04/2019 - Sindicalização: Um gesto de autodefesa

15/04/2019 - A volta do João Ferrador

09/04/2019 - Sindicato no chão de fábrica: 20 anos dos Comitês Sindicais de Empresa

08/04/2019 - FEM-CUT nasce em 1992

05/04/2019 - 30 anos: Batalha de Piraporinha marca a greve de 1989

04/04/2019 - O candidato operário

03/04/2019 - Marcha de Brasília reúne 100 mil em abril de 1997

02/04/2019 - Câmara Setorial: iniciativa que ficou conhecida como fórum tripartite

01/04/2019 - 55 anos do golpe: A intervenção no ABC

29/03/2019 - 1964-2019: A resistência metalúrgica na ditadura

28/03/2019 - SUR na Scania: Sistema Único de Representação completa 23 anos

27/03/2019 - Parte 3: Criação da Associação Beneficente e Cultural do Fundo de Greve

26/03/2019 - Parte 2: Fundo de Greve X intervenção no Sindicato

25/03/2019 - Parte 1: 40 anos do Fundo de Greve na prática

22/03/2019 - Vigília em Defesa da Previdência reúne duas mil pessoas no Sindicato em 1995

21/03/2019 - João Ferrador e o zap zap

19/03/2019 - Na fábrica e nas ruas. A luta continua contra o fim da aposentadoria

18/03/2019 - Essas trabalhadoras querem viver melhor

15/03/2019 - Dicas de leitura: Mulheres!

14/03/2019 - Djalma Bom e a greve geral de 1979

13/03/2019 - 40 anos da primeira greve geral dos metalúrgicos do ABC

12/03/2019 - Lugar de mulher também é na luta

11/03/2019 - I Congresso das Mulheres Metalúrgicas completa 41 anos na categoria

Sindicato dos Metalúrgicos do ABC
Rua João Basso, 231 - CEP 09721-100
Centro - São Bernardo do Campo/SP
TRIBUNA METALÚRGICA


VEJA TODAS AS EDIÇÕES
Buscar por Nº: