PESQUISA / SUGESTÕES
RECEBA INFORMAÇÕES
4 de Setembro de 2009 | Notícias | Saúde

Serra privatiza a saúde pública

O Ministério Público do Estado vai acionar a Justiça contra a lei do governador José Serra (PSDB) que terceiriza os hospitais públicos paulistas, aprovada pela Assembleia Legislativa na noite de quarta-feira.

A lei também permite a venda de até 25% dos atendimentos dos hospitais terceirizados a pacientes particulares e de planos de saúde.

Ou seja, o tucano quer vender o que já pagamos por meio de impostos.

A terceirização privatiza a saúde pública ao entregar a administração dos hospitais para Organizações Sociais, um tipo de empresa privada. Essas Organizações já foram denunciadas por contratarem trabalhadores por meio de cooperativas de mão de obra, as chamadas coopergatos.

Privilégios
Na visão do Ministério Público, a lei fere os princípios de igualdade e universalidade do SUS (Sistema Único de Saúde), pois cria dois tipos de cidadãos.

Quem pagar pelo atendimento ou utilizar planos de saúde entrará em uma fila mais rápida, porque pagará mais que o sistema público de saúde pelos procedimentos médicos.

"O SUS já não consegue atender a procura atual. Não há vagas nos hospitais. Como querem separar 25% para pacientes particulares? Haverá prejuízo à população que depende do SUS", diz Anna Trotta, promotora de Justiça da área de saúde pública.


Atendimento no SUS vai demorar mais com a terceirização

00
comentários para esta matériaCOMENTAR
Sindicato dos Metalúrgicos do ABC
Rua João Basso, 231 - CEP 09721-100
Centro - São Bernardo do Campo/SP
TRIBUNA METALÚRGICA


VEJA TODAS AS EDIÇÕES
Buscar por Nº: