PESQUISA / SUGEST�ES
RECEBA INFORMAÇÕES
5 de Agosto de 2010 | Notícias | Saúde

Preços de remédios variam até 295% em São Paulo

Dipirona sódica pode ser encontrada com preço de 98 centavos em uma farmácia a quase quatro reais em outra

Os preços entre medicamentos genéricos apresentam variação de até 295,92%, de acordo com levantamento realizado pelo Procon-SP na Capital paulista entre os dias 30 de julho e 1º de agosto.

A maior diferença foi verificada na dipirona sódica, encontrada por R$ 0,98 em uma farmácia e por R$ 3,88 em outra. A pesquisa levou em conta os preços de 52 medicamentos, em suas formas genéricas e de referência, em 15 drogarias distribuídas pela cidade.

O estudo revelou que, apesar da diferença apresentada pela dipirona sódica, os genéricos são, em média, 52,88% mais baratos que os de referência, cuja maior variação de preços foi constatada no Dexason, pomada usada contra inflamações da pele. Um tubo de 10g pode ser encontrado por R$ 4,21 até R$ 8,07, o equivalente a uma diferença de 91,69%.

Segundo o Procon, o levantamento prova para o consumidor como a pesquisa é importante na hora de encontrar melhores preços. O órgão também recomenda uma consulta à lista de preço máximo dos medicamentos disponível no site da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) ou nas próprias farmácias, que devem disponibilizar a lista.

Com Diário do G. ABC

00
comentários para esta matériaCOMENTAR
Sindicato dos Metalúrgicos do ABC
Rua João Basso, 231 - CEP 09721-100
Centro - São Bernardo do Campo/SP
TRIBUNA METALÚRGICA


VEJA TODAS AS EDIÇÕES
Buscar por Nº: