PESQUISA / SUGEST�ES
RECEBA INFORMAÇÕES
18 de Agosto de 2010 | Notícias | Saúde

SP registra déficit de 33% no número de médicos em hospitais municipais

Em hospital na zona leste, apenas metade das vagas estão ocupadas

Relatório da Autarquia Municipal Hospitalar da capital paulista aponta que os hospitais administrados pela prefeitura trabalham com déficit de 33% no número de médicos. O levantamento de agosto deste ano, realizado pelo órgão que gerencia os hospitais da prefeitura, contabilizou que do quadro previsto de 4.015 médicos, 1.341 postos estão em aberto, o que equivale a um terço das vagas.

A pior situação, de acordo com o relatório, foi encontrada no hospital Dr. Benedito Montenegro, conhecido como hospital do Jardim Iva, em Sapopemba, zona leste. A unidade funciona com metade do número de médicos previstos. Dos 135 médicos necessários, apenas 65 prestam serviços. Na prática, há mais vagas abertas do que médicos atendendo a população no local.

O quadro de outros profissionais da saúde também segue incompleto na rede municipal. Além de médicos, faltam 568 auxiliares de enfermagem, 52 assistentes sociais, 67 dentistas e 89 enfermeiras nos hospitais municipais.

Em respota ao jornal Agora São Paulo, a Secretaria Municipal da Saúde argumenta que a população procura cada vez menos as filas de emergências dos hospitais, optando pelo atendimento na Assistência Médica Ambulatorial (Ama). O órgão afirma ainda que este ano a prefeitura contratou 756 médicos, em sistema de emergência.

Da Rede Brasil Atual

00
comentários para esta matériaCOMENTAR
Sindicato dos Metalúrgicos do ABC
Rua João Basso, 231 - CEP 09721-100
Centro - São Bernardo do Campo/SP
TRIBUNA METALÚRGICA


VEJA TODAS AS EDIÇÕES
Buscar por Nº: