PESQUISA / SUGESTÕES
RECEBA INFORMAÇÕES
26 de Novembro de 2010 | Notícias | Saúde

Faculdade de Medicina reforça campanha contra o câncer de boca

Homens com mais de 40 anos de idade são os principais alvos

Ciente de que informação é fundamental para prevenção e diagnóstico precoce do câncer bucal, a disciplina de Cirurgia de Cabeça e Pescoço da Faculdade de Medicina do ABC participa de mais uma edição da Campanha de Saúde Bucal promovida pela prefeitura de São Bernardo.

Até sexta-feira, no posto do Poupatempo, equipes atenderão durante todo o dia a partir das 8h. Além de orientações e exames para diagnóstico do câncer bucal, a população receberá informações sobre prevenção de hepatite C e testes rápidos pela equipe de DST/Aids da Prefeitura.

Haverá ainda palestras sobre saúde bucal no Supermercado Ricoy no Bairro Alvarenga, no Wal Mart do Ferrazópolis e na fábrica da Yoki no Jardim Valdíbia. A organização espera realizar 2,5 mil atendimentos.
 
Esta é a 3ª edição da campanha contra o câncer bucal, que mobiliza também o Hospital de Ensino Anchieta-Fundação do ABC, para onde são encaminhados casos suspeitos da doença a fim de elaborar exames mais completos e tratamentos.

No ano passado foram realizados 2.740 exames, dos quais 201 encaminhados para avaliação. Em 2008 foram realizados 1.809 atendimentos só na área de cabeça e pescoço, dos quais 126 foram remetidos ao HE para acompanhamento.
 
O câncer bucal ocupa o 5º lugar entre as neoplasias malignas incidentes no homem e o 7º entre as mulheres no Brasil. A professora da Faculdade de Medicina do ABC e médica coordenadora dos serviços da área, Jossi Ledo Kanda, aponta que no Brasil cerca de 80% dos pacientes que procuram serviços de diagnóstico e tratamento já se encontram em estágio avançado da doença, segundo o boletim da Pro-Onco do Ministério da Saúde.

Nestes casos, a probabilidade de cura é remota e o tratamento mais complexo, levando a disfunções (deglutição, fala) e deformidades estéticas, o que acarreta maior gasto tanto para o paciente quanto para a sociedade.
 
Homens com mais de 40 anos de idade são os principais alvos do câncer bucal, que tem como fatores de risco o fumo, o álcool, má conservação dos dentes e próteses mal ajustadas.

 

Da Agência BOM DIA

00
comentários para esta matériaCOMENTAR
Sindicato dos Metalúrgicos do ABC
Rua João Basso, 231 - CEP 09721-100
Centro - São Bernardo do Campo/SP
TRIBUNA METALÚRGICA


VEJA TODAS AS EDIÇÕES
Buscar por Nº: