PESQUISA / SUGEST�ES
RECEBA INFORMAÇÕES
21 de Março de 2011 | Notícias | Empresas | Eurocom

Justiça do Trabalho lacra Eurocom

Decisão da Justiça foi comunicada nesta segunda-feira aos trabalhadores


Foto: Rossana Lana / SMABC

Para garantir os direitos dos trabalhadores, a Justiça do Trabalho mandou lacrar na sexta-feira a empresa Eurocom, em Diadema, colocando indisponíveis para os donos o maquinário, o ferramental e todos os outros bens encontrados na fábrica.

A ação foi movida pelo Sindicato depois que a empresa fechou as portas na última quinta-feira, sem qualquer aviso prévio, e ainda devendo aos trabalhadores.

O pessoal não recebeu o salário de fevereiro, muitos gozaram férias e também não receberam e outros estão com o recolhimento do FGTS atrasado.

A decisão judicial permanecerá pelo menos até a audiência entre Sindicato e empresa, que deverá acontecer na próxima semana.

“Os trabalhadores estão revoltados com a atitude de desrespeito da empresa e querem fazer valer seus direitos”, disse Claudionor Vieira, diretor do Sindicato.

A direção da Eurocom não foi encontrada. “Agora que os bens estão indisponíveis quem sabe ela entre em contato com o Sindicato”, comentou.

Sem salário, sobram dívidas
Roseli da Silva, que trabalha na expedição há seis anos, disse que muitos trabalhadores já estão em situação difícil, acumulando dívidas.

“Estou numa situação melhor, pois sou casada. Mas existem companheiras solteiras com filho para criar. E tem também marido e mulher que trabalhavam juntos na Eurocom”, comentou.

Incerteza do futuro
O preparador Rafael de Andrade Raimundo está afastado desde janeiro em razão de uma inflamação. Casado, ele está apreensivo. “Não dá para a gente sair com uma mão na frente e outra atrás. As máquinas têm de garantir nossos salários”, afirmou.

Da Redação

00
comentários para esta matériaCOMENTAR
Sindicato dos Metalúrgicos do ABC
Rua João Basso, 231 - CEP 09721-100
Centro - São Bernardo do Campo/SP
TRIBUNA METALÚRGICA


VEJA TODAS AS EDIÇÕES
Buscar por Nº: