PESQUISA / SUGESTÕES
RECEBA INFORMAÇÕES
22 de Março de 2011 | Notícias | Saúde

Defensoria Pública de SP entra com ação por mais leitos em hospitais

O aumento no número de leitos hospitalares e vagas em UTI foi proposto em uma ação civil pública contra o estado, feita pela Defensoria Pública de São Paulo. A unidade em Taubaté foi a responsável pela ação, que pretende melhorar a qualidade do atendimento nos hospitais do Vale do Paraíba, região leste do estado.

O órgão pede que a Secretaria Estadual de Saúde apresente um projeto de ampliação de oferta de leitos e UTIs no sistema público de saúde. O prazo é de 60 dias para que tais medidas sejam efetivadas, sob pena de multa diária em caso de descumprimento.

Segundo o Defensor Público, Wagner Giron de La Torre, a atual quantidade de leitos é insuficiente para a demanda da região. Ele afirma que muitos pacientes em estado grave ficam esperando nos corredores do Pronto Socorro Municipal de Taubaté até terem acesso a tratamento hospitalar adequado.

O hospital também sofre com as péssimas condições de higiene. Em julho de 2010 ele foi interditado pela Agência Estadual de Vigilância Sanitária. O Pronto Socorro não atendia os requisitos básicos de higiene exigidos, relatou o Defensor.

O processo e o pedido de liminar tramitam na Vara da Fazenda Pública da Capital.

Da Radioagência NP

00
comentários para esta matériaCOMENTAR
Sindicato dos Metalúrgicos do ABC
Rua João Basso, 231 - CEP 09721-100
Centro - São Bernardo do Campo/SP
TRIBUNA METALÚRGICA


VEJA TODAS AS EDIÇÕES
Buscar por Nº: