PESQUISA / SUGEST�ES
RECEBA INFORMAÇÕES
6 de Abril de 2011 | Notícias | Empresas | São Bernardo

Justiça manda, mas a Stripsteel nega negociação

Trabalhadores continuam em greve

Compartilhar: Publicar:


Foto: Rossana Lana / SMABC

A Stripsteel, de São Bernardo, se recusou a manter qualquer tipo de conversa com os trabalhadores, apesar do Tribunal Regional do Trabalho (TRT) haver determinado a abertura de negociações entre a empresa e os companheiros.

Este é o principal motivo que o pessoal na fábrica – apesar de estar totalmente disposto a conversar – continua em greve, lutando pelo pagamento da segunda parcela da PLR.

A decisão judicial ocorreu em audiência de conciliação na tarde da última terça-feira, quando o TRT sugeriu a suspensão do movimento desde que a empresa negociasse a segunda parcela da PLR.

A Stripsteel, no entanto, continuou irredutível e não aceitou a proposta.
Segundo o TRT, os trabalhadores estão corretos quando argumentam que a fábrica está errada ao não cumprir o acordo que a obrigava a apresentar mensalmente relatório de metas. Portanto, a Stripsteel não poderia dizer que as metas não foram alcançadas três dias antes da data do pagamento da PLR.

“É ai que os companheiros se sentem traídos”, comentou Juarez Barros, o Buda, diretor do Sindicato. Ele afirma que, com o relatório em mãos, os metalúrgicos poderiam acompanhar a produção e dariam um jeito de atingirem as metas.

“O importante é o pessoal permanecer unido e mobilizado, como está acontecendo”, prosseguiu Buda. “Temos toda a disposição do mundo para negociar, mas a Stripsteel tem que deixar a intransigência de lado”, observou.

Da Redação

00
comentários para esta matériaCOMENTAR
Sindicato dos Metalúrgicos do ABC
Rua João Basso, 231 - CEP 09721-100
Centro - São Bernardo do Campo/SP
TRIBUNA METALÚRGICA


VEJA TODAS AS EDIÇÕES
Buscar por Nº: