PESQUISA / SUGEST�ES
RECEBA INFORMAÇÕES
7 de Abril de 2011 | Notícias | Saúde

Médicos de SP fazem passeata em protesto contra operadoras de planos de saúde

 

Anderson Barbosa/Fotoarena/Folhapress

Médicos da capital paulista fizeram na manhã desta quinta-feira (7) uma passeata na região central da cidade em protesto contra as operadoras de planos de saúde. A categoria faz manifestações em todo o país com a suspensão do atendimento a pacientes conveniados. Só os casos de emergência estão sendo atendidos.

A paralisação foi organizada pela Associação Médica Brasileira (AMB), pelo Conselho Federal de Medicina (CFM), e pela Federação Nacional dos Médicos (Fenam) -  7 de abril é o Dia Mundial da Saúde.

Os médicos querem chamar a atenção da população sobre a autonomia profissional, o respeito à autonomia de trabalho, além de alertar sobre a existência de contratos sem regras claras com as empresas.

De acordo com essas entidades, há 160 mil médicos trabalhando atualmente na saúde suplementar, atendendo cerca de 45,5 milhões de usuários de planos de assistência médica no Brasil. Por ano, são realizadas cerca de 223 milhões de consultas e 4,8 milhões de internações por meio de planos de saúde.

Da Rede Brasil Atual

00
comentários para esta matériaCOMENTAR
Sindicato dos Metalúrgicos do ABC
Rua João Basso, 231 - CEP 09721-100
Centro - São Bernardo do Campo/SP
TRIBUNA METALÚRGICA


VEJA TODAS AS EDIÇÕES
Buscar por Nº: