PESQUISA / SUGEST�ES
RECEBA INFORMAÇÕES
12 de Abril de 2011 | Notícias | Categoria | Formação Sindical

Deficientes auditivos participam do Trabalho e Cidadania


"Trabalho e Cidadania", mostram Giovani, Diego e Wagner em Libras.
Foto: Rossana Lana / SMABC

Os três trabalhadores com deficiência auditiva que participaram nesta terça-feira do programa Trabalho e Cidadania aprovaram o conteúdo do curso por terem oportunidade de conhecer melhor a história do Sindicato e o trabalho desenvolvido pela representação sindical. Uma intérprete em Libras, a linguagem brasileira de sinais, tornou possível aos companheiros a compreensão do curso.

“Agora eu consegui entender o trabalho do Sindicato e a importância de uma negociação coletiva”, disse Wagner Antonio Miranda, montador na Mercedes. A mesma avaliação tiveram Giovani Ramparo de Souza e Diego Gueler, também montadores na Mercedes.

Eles destacaram que são poucas as oportunidades em que podem contar com a ajuda de um intérprete de Libras. “Temos dificuldades de nos relacionarmos com os outros trabalhadores e acabamos ficando isolados”, disse Diego.

Nas consultas médicas, por exemplo, Wagner não consegue explicar seu problema, não entende o diagnóstico ou os procedimentos a serem realizados. “Marco a consulta em casa, pois o pessoal no trabalho não entende nem a especialidade que preciso”, afirmou.

Normalmente, segundo ele, além de não existir um sistema de comunicação mais efetivo para deficientes auditivos na fábrica, são utilizadas pessoas não qualificadas para fazer a interpretação, com resultados precários.

Os três, no entanto, querem participar mais vezes do programa. “As informações que recebemos compensam um pouco a ausência delas no dia-a-dia”, comentou Giovani.

Da Redação

00
comentários para esta matériaCOMENTAR
Sindicato dos Metalúrgicos do ABC
Rua João Basso, 231 - CEP 09721-100
Centro - São Bernardo do Campo/SP
TRIBUNA METALÚRGICA


VEJA TODAS AS EDIÇÕES
Buscar por Nº: