PESQUISA / SUGESTÕES
RECEBA INFORMAÇÕES
8 de Junho de 2011 | Notícias | Saúde

Fundação ABC cadastra doadores de medula

Iniciativa voltada à comunidade acadêmica visa a aumentar banco de doadores

A Faculdade de Medicina do ABC realiza nesta quinta-feira (9) sua primeira campanha de cadastramento de doadores de medula óssea. A iniciativa é de alunos e visa aumentar o banco de doadores do Redome - Registro Brasileiro de Doadores de Medula Óssea.

Interessados devem se dirigir ao prédio da Oncologia, no Anexo III do campus universitário, entre 17h e 20h, com o RG. Para se tornar um candidato a doador basta ter entre 18 e 55 anos e boa saúde.

Os candidatos passarão por coleta de pequena amostra de sangue para a tipagem das características genéticas.

Essa informação será inserida no cadastro do REDOME. Sempre que surge um novo paciente, a compatibilidade é verificada. Uma vez confirmada, o doador será consultado para decidir se realmente deseja realizar a doação. “A doação de medula óssea é uma atitudes simples, cuja única consequência é ajudar.

Cerca de 60% dos que precisam desse recurso terapêutico não encontram doadores compatíveis na família e a chance de acontecer na população geral é muito pequena, aproximadamente de 1 em cada 100.000 habitantes”, afirma Taline Costa, pesquisadora da Faculdade.

Da Redação

00
comentários para esta matériaCOMENTAR
Sindicato dos Metalúrgicos do ABC
Rua João Basso, 231 - CEP 09721-100
Centro - São Bernardo do Campo/SP
TRIBUNA METALÚRGICA


VEJA TODAS AS EDIÇÕES
Buscar por Nº: