PESQUISA / SUGEST�ES
RECEBA INFORMAÇÕES
12 de Julho de 2011 | Notícias | Categoria | Festival de Música

Paralamas fazem show no fechamento do Festival de Música

Festa neste domingo também terá o show de Rappin´ Hood


Bi Ribeiro, Herbert Vianna e João Barone. Fotos: Divulgação

Eles já animaram a festa de 20 anos da Comissão de Fábrica dos Trabalhadores na Mercedes, em 2006. Agora, os Paralamas do Sucesso voltam para um show exclusivo aos metalúrgicos e aos seus familiares no domingo, no encerramento do festival de música. João Barone, baterista do grupo, falou à Tribuna. 

O que vocês acham de operários fazendo música?
Legal a gente ver todas as camadas da nossa sociedade exercendo sua representatividade. 

Qual a importância dos festivais para a promoção da música popular?
Sempre um incentivo, um festival tem como finalidade mostrar a amplitude, a diversidade dos seus participantes. Antigamente, era uma coisa mais romântica, uma competição para escolher o melhor. Mas hoje tem muita gente boa fazendo música que não precisa deste tipo de competição. 

A banda tem a participação em festivais universitários na sua origem. Que lições tirou desta fase?
Como a gente nunca se deu bem em festivais, fica a lição: cada um vende seu peixe e que respeite o próximo. Tem gosto e espaço pra muita coisa na cena musical.

Será a segunda vez que os Paralamas tocarão para os metalúrgicos. Há alguma diferença em se apresentar a um público assim para uma apresentação ao grande público?
No fundo, não. Nós tocamos para muitas platéias e eventos variados. Quando as pessoas reconhecem a banda, o trabalho, isso foge do perfil de cada um dos espectadores, algo de muito valoroso. Os Paralamas tocam para gerações de 8 a 80. 

Os metalúrgicos irão ouvir qual repertório?
Um apanhado das nossas músicas mais conhecidas ao longo da nossa carreira, e alguma coisa da safra nova dos últimos trabalhos. 

Aquele rock nacional surgido no início dos anos de 1980 por bandas como vocês está de volta?
Sempre esteve aí, acho que muita coisa escapa de qualquer apelo nostálgico. 

Os Paralamas do Sucesso estão próximos aos 30 anos de carreira. A que se deve tanto tempo? Quais os planos para o futuro?
Sempre nos referimos à nossa profunda amizade e respeito comum, aliadas ao prazer enorme de tocarmos juntos. Que o futuro mantenha isso, porque o resto acontece.  

Festa também tem Rappin´ Hood
A final do festival começa às 11h com a apresentação dos seis classificados: o grupo K-Lendários, a dupla Pedro Paulo & Dito Costa, o Mohvibe, o ZN2, a Banda Dyversus e Marcinho do Cavaco.

Na sequência a premiação dos ganhadores, o ato de posse da diretoria eleita em março e abril e os shows de Rappin´ Hood e dos Paralamas do Sucesso.

Acesse o site do Festival: www.smabc.org.br/festival

Da Redação

00
comentários para esta matériaCOMENTAR
Sindicato dos Metalúrgicos do ABC
Rua João Basso, 231 - CEP 09721-100
Centro - São Bernardo do Campo/SP
TRIBUNA METALÚRGICA


VEJA TODAS AS EDIÇÕES
Buscar por Nº: