PESQUISA / SUGESTÕES
RECEBA INFORMAÇÕES
10 de Maio de 2013 | Notícias | Direitos

Comissão Nacional da Verdade convoca Ustra e Marival Chaves para depoimento público

A Comissão Nacional da Verdade irá ouvir nesta sexta, dia 10, durante tomada pública de depoimento, o coronel reformado Carlos Alberto Brilhante Ustra, ex-comandante do Destacamento de Operações de Informações do Centro de Operações de Defesa Interna do II Exército em São Paulo (DOI-CODI/SP) entre 1970 e 1974, e o ex-sargento Marival Chaves, que atuou na mesma instituição e que já prestou dois depoimentos espontâneos à CNV.
 
Os depoimentos serão tomados em auditório localizado no Centro Cultural Banco do Brasil, em Brasília, onde fica a sede da Comissão.
 
Chaves e Ustra foram convocados pela CNV nos dias 25 e 26 de abril, respectivamente. A convocação foi entregue em mãos pela Polícia Federal, e ambos os convocados assinaram confirmação de recebimento. A Comissão da Verdade já ouviu agentes da repressão que se ofereceram, foram convidados ou foram convocados a depor. Em fevereiro, a Comissão iniciou o uso de convocações.Além de Chaves e Ustra, a CNV já convocou outros 15 agentes de repressão para prestar depoimento. Desse grupo, 11já testemunharam e quatro não compareceram, dois deles por motivos de saúde. Um terceiro convocado faleceu e o quarto não foi localizado.
 
Marival Chaves e Carlos Ustra serão ouvidos dentro da linha de pesquisa dos grupos de trabalho sobre as Graves Violações de Direitos Humanos, como tortura, assassinato e desaparecimento forçado, cometidas por agentes do Estado ou pessoas a seu serviço entre 1946 e 1988.
 
Da CUT Nacional

00
comentários para esta matériaCOMENTAR
Sindicato dos Metalúrgicos do ABC
Rua João Basso, 231 - CEP 09721-100
Centro - São Bernardo do Campo/SP
TRIBUNA METALÚRGICA


VEJA TODAS AS EDIÇÕES
Buscar por Nº: