PESQUISA / SUGEST�ES
RECEBA INFORMAÇÕES
26 de Novembro de 2013 | Notícias

CUT promove ato contra alta de juros

Centenas de me­talúrgicos do ABC se unirão aos companhei­ros de várias categorias de todo o País hoje, em Brasília, para participar de ato promovido pela Central Única dos Trabalhadores, a CUT, contra o aumento da taxa de juros.

A manifestação acontecerá às 10h em frente ao Banco Cen­tral (BC), onde hoje e amanhã acontecerão as reuniões do Copom (Comitê de Política Monetária) que decidi­rão sobre a taxa Selic.

A Selic é a refe­rência básica dos juros que serão praticados pelo mercado no País e quem define seu valor é o Copom, órgão do Banco Central.

A CUT vai pro­testar contra o aumen­to da Selic – isto é, a elevação dos juros – porque quanto maior é a taxa mais ela atrai dinheiro para investi­mentos especulativos em detrimento dos in­vestimentos em setores produtivos.

Sistema viciado

O problema no Brasil é que especula­dores e meios de comu­nicação se uniram em campanhas que criam um ambiente que aca­ba obrigando o BC a elevar os juros.

Isto acontece nas datas próximas às reu­niões do Copom, quan­do jornais, revistas, rádios, TVs, internet etc. divulgam seguidas matérias catastróficas onde, de forma fanta­siosa, ressuscitam o fantasma da inflação.

A seguir, quando a população está bastan­te afetada, a imprensa começa a repetir a todo o momento que elevar a Selic é a única ma­neira de acabar com a inflação.

Assim, quando o Copom – formado por diretores do BC – se reúne, seus integran­tes estão com a faca da opinião pública no pescoço devido à cam­panha dos meios de comunicação feita com o dinheiro dos especu­ladores.

É contra esse sis­tema viciado que a CUT organiza a mani­festação.

Da Redação

00
comentários para esta matériaCOMENTAR
Sindicato dos Metalúrgicos do ABC
Rua João Basso, 231 - CEP 09721-100
Centro - São Bernardo do Campo/SP
TRIBUNA METALÚRGICA


VEJA TODAS AS EDIÇÕES
Buscar por Nº: