PESQUISA / SUGESTÕES
RECEBA INFORMAÇÕES
4 de Julho de 2014 | Notícias | Geral

De verde e amarelo Brasil é favorito contra a Colômbia

Brasil e Colômbia usam o amarelo como cor principal de seus uniformes. Porém, por ser a anfitriã da festa, será a camisa canarinho que entrará em campo hoje no estádio Castelão, em Fortaleza, a partir das 17h pelas quartas de final.

O duelo promete. De um lado, a tradição do bom futebol. De outro, a sensação do momento. Enquanto o pentacampeão Brasil ainda não desenvolveu todo seu potencial nesta Copa, a Colômbia, sem títulos, tem apresentado o futebol mais bonito do Mundial.

O susto na partida contra o Chile, porém, mexeu com o País. Torcedores, jogadores e, felizmente, até Felipão viram a necessidade de mudanças.

A ideia de jogar sem um centroavante já não parece mais um absurdo. Durante os treinos da semana, o técnico não descartou a possibilidade de voltar ao esquema de três zagueiros, com o qual conquistou o quinto título brasileiro, em 2002. O sinal de alerta está piscando para Fred e o quarto- zagueiro Henrique pode substituí-lo para jogar como cabeça de área.

Com a suspensão de Luiz Gustavo, o volante Paulinho também pode ter uma nova chance. Felipão deixou escapar que o ex-corintiano possivelmente formará dupla com Fernandinho nesta sexta.

Os dois terão a missão de conter o atual artilheiro da Copa, James Rodríguez, e de acelerar a saída de bola para que Neymar, confirmado para a partida após a lesão no último jogo, possa brilhar.

Uma atração à parte no confronto será o duelo que colocará frente a frente duas das maiores promessas do futebol atual. Além dos mesmos 22 anos e atuarem com a camisa 10, Neymar e James Rodríguez terão em comum a missão de conduzir suas equipes e decidir o confronto. Afinal, só uma vai à semifinal.

Além do craque do Mônaco, outro problema sério para o Brasil será entrar em campo com seis de nossos craques pendurados com um amarelo. O segundo cartão significa a suspensão automática da próxima partida.

Por outro lado, o retrospecto é muito favorável ao Brasil. Em 25 disputas desde1945, perdemos só duas, a última em 1991, e oito terminaram empatadas. Infelizmente, entre elas, as quatro últimas partidas... Novo empate hoje levará novamente a decisão para a prorrogação e pênaltis.

Mais um ingrediente a nosso favor é o preparo físico. Os brasileiros percorreram, em média, 4,8 km a mais por jogo do que os colombianos. Isto é, eles precisariam de mais um atleta para igualar a nossa movimentação.

Até o fechamento desta edição da Tribuna ontem, às 17h, a escalação mais provável do Brasil era Julio César; Daniel Alves, Thiago Silva, David Luiz e Marcelo; Fernandinho, Paulinho e Oscar; Hulk, Neymar e Fred (Henrique).

O time colombiano mantém em segredo a escalação para o jogo desta tarde os treinos durante a semana foram todos realizados sem a presença da imprensa.

Da Redação

00
comentários para esta matériaCOMENTAR
Sindicato dos Metalúrgicos do ABC
Rua João Basso, 231 - CEP 09721-100
Centro - São Bernardo do Campo/SP
TRIBUNA METALÚRGICA


VEJA TODAS AS EDIÇÕES
Buscar por Nº: