PESQUISA / SUGESTÕES
RECEBA INFORMAÇÕES
2 de Fevereiro de 2015 | Notícias | Internacional

Espanhóis protestam contra medidas de austeridade na Europa

Mais de 100 mil pessoas participaram neste sábado (31) de uma manifestação convocada pelo partido político Podemos para reivindicar uma nova agenda política na Espanha. De acordo com informações do portal El Mundo, cerca de 260 ônibus chegaram à capital espanhola de diferentes partes do país. Entre outras demandas, os manifestantes pedem um plano que confronte as medidas de austeridade adotados pelos governantes europeus nos últimos anos.
Após a vitória histórica da coalizão de esquerda Syriza na Grécia, os espanhóis se mobilizam para "seguir o mesmo caminho de mudança na Europa" e ser uma alternativa real ao domínio do PP (Partido Popular), de centro direita, e do PSOE (Partido Socialista Operário Espanhol).

Durante discurso na "Marcha da Mudança" - nome dado para o evento -,  o secretário-geral do partido Podemos, Pablo Iglesias, usou o exemplo da vitória da esquerda na Grécia para afirmar que leva "muito a sério os sonhos de recuperar o poder estatal de investimento".

"Quem dizia que não era possível? A Grécia como exemplo de mudança política na Europa. Sonhamos com um país melhor, mas não viemos à Porta do Sol (local onde aconteceu a manifestação) para sonhar, e sim para fazer nossos sonhos virarem realidade", bradou Iglesias.

Iglesias alertou que "ninguém fez os deveres para os gregos" e que ninguém os fará para os espanhóis, que precisam ser protagonistas da própria história e de sua mudança.

A iniciativa liderada pelo professor universitário Pablo Iglesias chama a atenção por tentar se organizar de maneira diferente dos partidos tradicionais, por meio de grupos de bairros, que são chamados de círculos. Cada círculo tem autonomia para discutir e executar ações dentro de sua região sem precisar da autorização de nenhum dirigente dentro do Podemos.

Podemos lidera pesquisa de intenção de votos na Espanha

Um ano após ser lançado, o partido político Podemos lidera as preferências da população espanhola, de acordo com pesquisa da empresa Metroscopia no final de 2014.

Com bandeiras como a participação popular e o engajamento via internet, o Podemos teria 27,7% dos votos se houvesse hoje uma eleição na Espanha. Em seguida aparecem o PSOE (Partido Socialista Operário Espanhol), com 26,2%, e o governista PP (Partido Popular), com 20,7%, que disputam há décadas o protagonismo político no país.

Do  Opera Mundi

00
comentários para esta matériaCOMENTAR
Sindicato dos Metalúrgicos do ABC
Rua João Basso, 231 - CEP 09721-100
Centro - São Bernardo do Campo/SP
TRIBUNA METALÚRGICA


VEJA TODAS AS EDIÇÕES
Buscar por Nº: