PESQUISA / SUGEST�ES
RECEBA INFORMAÇÕES
10 de Fevereiro de 2015 | Notícias | Geral | Educação

Filho de metalúrgico é medalha de ouro em competição carioca

 O nadador Victor Hugo de Oliveira (fotos), de 17 anos, apoiado pelos Meta­lúrgicos do ABC, conquistou no último mês medalha de ouro na competição Rei e Rainha do Mar, no Rio de Janeiro, na categoria júnior, com jovens entre 16 e 18 anos.

No campeonato carioca em mar aberto realizado em três etapas, atletas de vários Estados brasileiros e de outros países per­correm uma distância de 3,5 km.

“Participei da competição com muitas pessoas da minha idade que vieram do Amazonas e do Nordeste, e alguns es­trangeiros, como italianos. Jovens que são acostumados a nadar em rios e mares. É uma competição que necessita de bastante preparo”, afirmou o nadador.

Victor é filho de Marcos Augusto Nunes de Oliveira, o Bigode, trabalhador na Autometal, e já acumulou mais de 183 medalhas e 39 troféus. Desde 2013 o Sin­dicato o apoia com estrutura, uniformes e materiais para o jovem nadador.

“Com a ajuda do Sindicato, consegui comprar meus materiais e viajar para competições como esta, que possuem custos a mais. Os metalúrgicos do ABC auxiliam na construção do meu futuro como atleta”, prosseguiu.

Para o presidente do Sindicato, Rafael Marques, Victor também é um represen­tante da categoria. “A gente quer que ele faça o Brasil evoluir ainda mais, pois são os jovens que levarão o País para frente”, disse.

O atleta também participou da competi­ção de mesma modalidade do campeona­to Paulista, no qual ficou em terceiro lugar.

“No próximo mês volto ao Rio para uma categoria acima da que participei no Circuito do Rei e Rainha do Mar, para atletas entre 18 e 19 anos, e agora também volto ao Paulista onde também subi de categoria”, comemorou.

Victor treina quatro horas todos os dias sem abandonar os estudos. Cursando o último ano do ensino médio, o garoto tem a escola como prioridade e pretende fazer um curso universitário voltado para informática e exatas.

Sem deixar a natação de lado, acredita na possibilidade de ganhar uma bolsa de estudos por meio do esporte.

“Já que tenho o dom de nadar, posso usar isso para a minha formação”, resaltou.

O garoto de 17 anos também trabalha para se classificar para o campeonato brasi­leiro e, assim, disputar uma vaga na seleção brasileira para participar das Olimpíadas do ano que vem na capital fluminense.

“Só tenho a agradecer ao Sindicato pelo apoio e por acreditar no meu potencial, hoje estou mostrando que tenho condições de estar onde estou e que posso ir muito além”, finalizou.

Da Redação

00
comentários para esta matériaCOMENTAR
Sindicato dos Metalúrgicos do ABC
Rua João Basso, 231 - CEP 09721-100
Centro - São Bernardo do Campo/SP
TRIBUNA METALÚRGICA


VEJA TODAS AS EDIÇÕES
Buscar por Nº: