PESQUISA / SUGEST�ES
RECEBA INFORMAÇÕES
16 de Abril de 2015 | Notícias | Política

"Não deixar aprovar O PL 4.330 é uma questão de honra para a classe trabalhadora", diz Lula

Na abertura do 9º Congresso Nacional dos Metalúrgicos da CUT, na noite de terça-feira, dia 14, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (foto) repudiou o Projeto de Lei 4.330.

“Não deixar aprovarem a lei é uma questão de honra para a classe trabalhadora brasileira.

Não queremos que as empresas passem a usar mão de obra escrava”, afirmou.

Cerca de 600 trabalhadores participaram da abertura do evento. “A aprovação do projeto seria negar tudo o que vocês conquistaram em anos e anos de luta", disse Lula.

O presidente da Confederação Nacional dos Metalúrgicos da CUT, a CNM/CUT, Paulo Cayres, falou sobre os embates que os metalúrgicos terão nos próximos anos.

“A defesa do emprego será uma das principais bandeiras do movimento sindical em todos os aspectos, na luta direta no chão da fábrica, nas negociações coletivas, junto aos governos e ao poder legislativo”, defendeu.

O ator norte-americano e ativista pelos direitos civis, Danny Glover, exibiu um cartaz de apoio à luta contra o PL 4.330 durante a sua fala e elogiou as conquistas brasileiras. “O Brasil é o maior País na luta contra a pobreza e desigualdades. E nos últimos12 anos, se tornou um exemplo para a humanidade”, afirmou.

O ativista agradeceu o apoio da CNM/CUT na campanha de solidariedade aos trabalhadores na unidade da Nissan, no Mississippi, na batalha pelo direito de sindicalização.

O 9º Congresso Nacional acontece até amanhã, em Guarulhos, e é organizado pela CNM/CUT. O Congresso é a instância máxima de deliberação da entidade sindical, define um plano de lutas que norteará as políticas e bandeiras do ramo metalúrgico para a próxima gestão e elege a nova direção.

Da Redação 

00
comentários para esta matériaCOMENTAR
Sindicato dos Metalúrgicos do ABC
Rua João Basso, 231 - CEP 09721-100
Centro - São Bernardo do Campo/SP
TRIBUNA METALÚRGICA


VEJA TODAS AS EDIÇÕES
Buscar por Nº: