PESQUISA / SUGESTÕES
RECEBA INFORMAÇÕES
5 de Maio de 2015 | Notícias | Categoria

1º de maio é de lutas contra o PL 4.330, mas também de festa

O 1º de maio deste ano foi marcado pela luta dos trabalhadores contra o projeto que libera a terceirização total. O evento do Sindicato e da CUT-ABC teve formato diferenciado com propostas da categoria e apre­sentações em palcos no Jardim Palermo e no Jardim do Lago, em São Bernardo.

“Há uma ofensiva no Con­gresso Nacional que ameaça retirar os direitos dos trabalhadores. O momento mais decisivo é agora contra o projeto de terceirização, que retira direitos duramente conquistados”, afirmou o pre­sidente do Sindicato, Rafael Marques.

“Esse 1º de maio marca ações muito fortes por parte do mo­vimento sindical brasileiro em defender os direitos, a demo­cracia e lutar contra o ataque mais imediato aos trabalhado­res que é o projeto que libera a terceirização”, disse Rafael.

O projeto foi aprovado pela Câmara dos Deputados e ago­ra será analisado pelo Senado. Confira a relação dos deputa­dos federais de São Paulo que votaram contra os direitos dos trabalhadores na página 4.

“O Brasil nos últimos anos avançou e não pode retroceder a tempos do passado onde os trabalhadores não tinham voz nem vez nas fábricas. É dia de luta, de combatividade e nós estamos juntos para impedir o retrocesso no nosso País”, concluiu Rafael.

O ato no Jardim Paler­mo teve shows da Turma do Pagode, Samprazer, Negra Li, Dexter, Dudu Nobre e Rappin’Hood. No Jardim do Lago, as apresentações foram dos cantores Arlindo Cruz, Al­mir Guineto, Edi Rock, Afro­-X, GOG, e Amigos do Pagode 90. Artistas regionais também se apresentaram nos atos.

Da Redação 

00
comentários para esta matériaCOMENTAR
Sindicato dos Metalúrgicos do ABC
Rua João Basso, 231 - CEP 09721-100
Centro - São Bernardo do Campo/SP
TRIBUNA METALÚRGICA


VEJA TODAS AS EDIÇÕES
Buscar por Nº: