PESQUISA / SUGEST�ES
RECEBA INFORMAÇÕES
11 de Junho de 2015 | Notícias

Luta dos trabalhadores na Mercedes recebe apoio da Confederação Geral Italiana

Foto: Adonis Guerra

Representantes da Con­federação Geral Italiana do Trabalho (CGIL), na região da Lombardia, a maior central sindical da Itália, prestaram apoio aos trabalhadores na Mercedes acampados em São Bernardo (foto).

Hoje o acampamento en­tra no quarto dia em protesto contra as 500 demissões anun­ciadas pela empresa.

“Viemos trazer toda a nossa solidariedade à luta dos meta­lúrgicos na Mercedes”, afirmou o responsável das Relações Internacionais da CGIL Milão, Giovanni Zampariolo.

Para o diretor de Comuni­cação do Sindicato e CSE na Mercedes, Valter Sanches, a solidariedade é importante para manter a mobilização pelo tempo que for necessário.

“Os companheiros estão firmes e unidos no acampa­mento. É a solidariedade que reforça a luta em momentos di­fíceis”, disse. “Estamos cobran­do a urgência na implantação do Programa de Proteção ao Emprego para atravessar mo­mentos de crise mantendo os empregos e o poder de compra dos trabalhadores”, prosseguiu.

A comitiva italiana tam­bém visitou a Sede para dis­cutir a conjuntura nos dois países.

O secretário-geral do Sin­dicato, Wagner Santana, o Wagnão, o presidente da Fe­deração Estadual dos Meta­lúrgicos da CUT, a FEM-CUT, Luiz Carlos da Silva Dias, o Luizão e o presidente da CUT/SP, Adi dos Santos Lima, rece­beram os dirigentes italianos.

“Foi uma troca de experiên­cia muito rica. Os italianos ficaram impressionados com o nível de organização dos metalúrgicos do ABC”, con­tou Luizão.

A visita integrou a progra­mação do Seminário Interna­cional promovido pela CUT/SP e pela CGIL de segunda até ontem, na sede da FEM-CUT, em São Bernardo.

Da Redação.

00
comentários para esta matériaCOMENTAR
Sindicato dos Metalúrgicos do ABC
Rua João Basso, 231 - CEP 09721-100
Centro - São Bernardo do Campo/SP
TRIBUNA METALÚRGICA


VEJA TODAS AS EDIÇÕES
Buscar por Nº: