PESQUISA / SUGEST�ES
RECEBA INFORMAÇÕES
24 de Junho de 2015 | Notícias

Curso forma cipeiros para defender melhorias no local de trabalho

Para preparar os cipeiros na atuação por melhores con­dições de trabalho, o Sindicato formou a primeira turma do ano em curso realizado nos dias 17 e 18 de junho. Parti­ciparam 30 cipeiros em em­presas da base e prestadoras de serviços, a maioria em primeiro mandato.

“Tivemos uma discussão im­portante sobre a atuação dos cipeiros na luta pela prevenção de acidentes”, explicou o dire­tor executivo do Sindicato e coordenador da Comissão de Saúde, Amarildo Sesário de Araújo. “São representantes que tem de estar sempre prepa­rados para cobrar das empre­sas tudo que envolve a saúde e a segurança dos trabalhadores”, prosseguiu.

O curso abordou os temas de cidadania, o papel da orga­nização no local de trabalho na defesa da saúde, investigação de acidentes, legislação traba­lhista e previdenciária, normas e competências da fiscalização.

Segundo Amarildo, a Co­missão de Saúde continuará as discussões para a realização de novos cursos.

“O Sindicato se preocupa com a terceirização nas empre­sas, já que 80% dos acidentes de trabalho acontecem nas presta­doras de serviços”, alertou.

O coordenador do Depar­tamento de Saúde do Tra­balhador e Meio Ambiente, Vagner Gilioti Jr., explicou que o objetivo é oferecer informa­ções para os cipeiros defen­derem os direitos com mais embasamento. “Debatemos experiências e casos de medi­cina do trabalho, acidentes e ergonomia para aprofundar a discussão do que acontece nas fábricas”, concluiu.

 

Cipeiros no curso

 “Tenho cinco anos na empresa e sou cipeiro em primeiro mandato. Tudo é novo para mim e esse conhecimento vai ajudar a resolver os problemas que envolvem o dia a dia na fábrica.”

Daniel Rodrigues, assistente de Logística na Metalúrgica Dulong

“O curso trouxe informações para a gente absorver e agregar conhe­cimento. Ganhei os votos e sou cobrada pelos trabalhadores para fazer a diferença. A saúde envolve tudo no trabalho.”

Ana Carla Cunha Marinho, operadora de veículos industriais na Sesé Logística, prestadora de serviços na Volks

 “O cipeiro é o representante que pode prevenir aciden­tes e cobrar melhorias da empresa. Ninguém quer ver um companheiro acidentado. A abrangên­cia é ainda maior porque a prevenção pode ser usa­da no trabalho e em casa.”

Antônio Luiz Florêncio, o Sonic, prensista na Mardel

 “A formação do Sindicato foi muito produtiva. Participei de investigações de acidentes, mas só com treinamento foi possível esclarecer dúvidas que tinha para defender melhor o trabalhador.”

Kátia Alves Pontes, oficial de serviço na Sapore, prestadora de serviços na Mercedes

00
comentários para esta matériaCOMENTAR
Sindicato dos Metalúrgicos do ABC
Rua João Basso, 231 - CEP 09721-100
Centro - São Bernardo do Campo/SP
TRIBUNA METALÚRGICA


VEJA TODAS AS EDIÇÕES
Buscar por Nº: