PESQUISA / SUGEST�ES
RECEBA INFORMAÇÕES
4 de Agosto de 2015 | Notícias

"Se a Mercedes demitir, o caminho é a greve"

Com o anúncio de mais demissões na Merce­des, em São Bernardo, a partir de 1º de setembro, o secretário-geral da CUT e CSE na montadora, Sérgio Nobre, defendeu a organiza­ção dos trabalhadores para barrar a atitude unilateral da empresa.

“Não iremos aceitar demis­sões”, afirmou o dirigente.

Sérgio lembrou que a propos­ta, que previa a estabilidade de emprego, foi rejeitada pela maioria dos trabalhadores, no dia 2 de julho, o que deixou uma margem estreita para as negociações.

“Os trabalhadores não aceitaram a proposta de redu­ção de jornada com redução de salário, por um ano, con­dicionada a estabilidade neste período, o que é uma decisão soberana”, explicou.

“A proposta incluía a subs­tituição pelo Programa de Proteção ao Emprego, o PPE, caso fosse adotado pelo gover­no federal”, completou.

Além disso, na nota divul­gada à imprensa na última sexta, a Mercedes alega que não pode adotar o PPE por­que a proposta foi rejeitada, jogando para os trabalhado­res a responsabilidade sobrea manutenção dos postos de trabalho.

O comunicado da monta­dora diz que “está em estudo um ajuste, a partir de 1º de setembro, no nosso quadro de pessoal de colaboradores horistas e mensalistas”.

“O Sindicato busca alterna­tivas negociadas, inclusive para o retorno dos companheiros que estiveram acampados. Desde a rejeição da proposta, a empresa vem tomando ati­tudes unilaterais, provocando um clima tenso na fábrica, o que compromete a saúde dos trabalhadores”, observou.

“Por isso, se a empresa demitir, o caminho é a greve. Agora temos que organizar os traba­lhadores, reagir e fazer a luta que for necessária”, defendeu o representante.

“Os companheiros devem ficar atentos às orientações dos representantes em cada área, pois a organização e a unidade são fundamentais”, concluiu.

00
comentários para esta matériaCOMENTAR
Sindicato dos Metalúrgicos do ABC
Rua João Basso, 231 - CEP 09721-100
Centro - São Bernardo do Campo/SP
TRIBUNA METALÚRGICA


VEJA TODAS AS EDIÇÕES
Buscar por Nº: