PESQUISA / SUGEST�ES
RECEBA INFORMAÇÕES
14 de Agosto de 2015 | Notícias

Nunca antes na história desse País...

BOLSA FAMÍLIA

Lançado em outubro de 2003, programa contempla 13,8 milhões de famílias, beneficiando cerca de 50 milhões de pessoas, e já tirou 36 milhões de brasileiros da pobreza extrema, sendo reconhecido internacionalmente pelo combate à pobreza e na promoção dos direitos sociais da população mais vulnerável do País.

PROUNI

O Programa Universidade para Todos, o PROUNI, foi resultado de um grande debate entre governo, educadores e estudantes, que passavam no vestibular, mas não tinham como custear seus estudos. Mais de uma década depois, são mais de 1 milhão e 300 mil alunos beneficiados pelo programa que abriu as portas das universidades.

FIES

R$ 25 bilhões foram emprestados a 760 mil universitários, marcando o início de uma mudança importante na maneira de tratar a educação no Brasil. Ampliando o acesso à educação em todos os níveis. A educação tratada como prioridade revelou-se no orçamento do MEC, que passou de R$ 33,1 bilhões em 2002, para 86,2 bilhões em 2012.

COPA e OLIMPÍADAS

Em 2007 e 2009, quando o Brasil foi confirmado para a Copa do Mundo e para as Olimpíadas, respectivamente, as escolhas foram motivos de orgulho para todos os brasileiros. Um ano após o primeiro evento, o País já conta com uma série de novidades e avanços tecnológicos.

PRÉ-SAL

As reservas do Pré-Sal foram a grande descoberta no Brasil. Com Lula, a Petrobras deu o extraordinário salto tecnológico que a tornou capaz do feito inédito: a extração de petróleo a 7 mil metros de profundidade, a 300 km da costa, cujas reservas estão estima­das em 176 bilhões de barris de petróleo e gás.

PAC

A história do País avançou ainda mais quando Lula lançou o Programa de Aceleração do Crescimento, o PAC, em 2007. Com a retomada de investimen­tos em setores estruturantes como energia, transporte, recursos hídricos, mobilidade urbana, urbanização, saneamento, entre outros. O PAC 2 foi lançado pela presidenta Dilma.

EMPREGOS

As duas gestões do governo Lula asseguraram a retomada da evolução do emprego com carteira assinada na indústria de transformação. Lula garan­tiu 7.885.702 de empregos formais no setor e outros mais de 14 milhões de postos de trabalho em oito anos, um recorde histórico.

LUZ PARA TODOS

Criado em 2003, 15,2 milhões de brasileiros conquistaram o acesso à energia elétrica. Puderam comprar geladeiras, televisões, computadores; uniram-se em cooperativas e, graças ao crédito facilitado, investiram em trituradores de ração, freezers para conservar o pescado, sistemas de irrigação.

 MINHA CASA, MINHA VIDA

Programa é considerado pela ONU como um exemplo para o mundo. O Minha Casa, Minha Vida já contratou 3,4 milhões de casas e apartamentos em todo o País, dos quais 1,7 milhão foram entregues, beneficiando cerca de 6,8 milhões de brasileiros, o equiva­lente a toda a população do Rio de Janeiro.

REVITALIZAÇÃO DA INDÚSTRIA NAVAL

Uma importante política de desen­volvimento do governo Lula, programa consolidou a retomada da indústria naval com o financiamento de estaleiros e em­barcações nacionais. Assegurou ainda o atendimento da demanda da Petrobras por embarcações de carga e de apoio a plataformas.

 UNIVERSIDADES

14 x 0. Esse foi o placar do número de universidades criadas no governo Lula em oito anos de gestão, ante o mesmo período do governo neoliberal de Fernan­do Henrique Cardoso, do PSDB. Entre as instituições inauguradas pelo operário presidente estão a Federal do ABC, a UFABC.

SAMU 192 e UPAs

A partir do governo Lula, 2.926 municípios passaram a ter unidades móveis, cobrindo 74,5% da população brasileira atendendo casos de urgência. As Unidades de Pronto Atendimento, as UPAs, somam hoje mais de 400 unidades, garantindo atendimento diário a 94 mil pessoas e 2,8 milhões ao mês.

RENDA NA BASE

Os metalúrgicos do ABC tiveram um aumento real de 48% no poder aquisitivo durante as duas gestões do governo Lula. O valor da renda média passou de R$ 1.945,58, em janeiro de 2003, para R$ 2.869,83, em dezembro de 2009.

Da Redação. 

00
comentários para esta matériaCOMENTAR
Sindicato dos Metalúrgicos do ABC
Rua João Basso, 231 - CEP 09721-100
Centro - São Bernardo do Campo/SP
TRIBUNA METALÚRGICA


VEJA TODAS AS EDIÇÕES
Buscar por Nº: