PESQUISA / SUGEST�ES
RECEBA INFORMAÇÕES
14 de Agosto de 2015 | Notícias

3º acordo do PPE é aprovado e cerca de mil trabalhadores na base estão com empregos protegidos

Fotos: Adonis Guerra

Os trabalhadores na Pricol, antiga Melling, em Diadema, aprovaram por unanimidade o acordo para adesão ao Programa de Proteção ao Emprego, o PPE, na tarde desta sexta-feira, dia 14.

“É a terceira empresa na base a aderir ao Programa, o que totaliza cerca de mil trabalhadores com empregos protegidos”, afirmou o presidente do Sindicato, Rafael Marques.

O acordo prevê redução de 9,83% da jornada de trabalho e de salário, o que corresponde a dois dias de trabalho por mês dos 213 companheiros na empresa. Com o Programa, a metade da redução do salário será complementada pelo Fundo de Amparo ao Trabalhador, o FAT, do governo federal.

“O empenho do Sindicato é lutar pela retomada da economia e por mecanismos de preservação do emprego. O importante também é garantir a estabilidade aos trabalhadores”, disse Rafael.  

O PPE terá duração inicial de seis meses, com estabilidade de mais dois meses após o fim do Programa e mais quatro meses de manutenção do nível de emprego.

“Caso seja necessário, o PPE será prorrogado por seis meses e este acordo já cria uma vacina por dois anos de manutenção do nível de emprego. Os companheiros ficam em uma situação mais tranquila”, explicou o coordenador da Regional Diadema, David Carvalho.

Os trabalhadores na Rassini e na Trefilação União, em São Bernardo, foram os primeiros a aprovarem os acordos de PPE na base. 

Da Redação. 

00
comentários para esta matériaCOMENTAR
Sindicato dos Metalúrgicos do ABC
Rua João Basso, 231 - CEP 09721-100
Centro - São Bernardo do Campo/SP
TRIBUNA METALÚRGICA


VEJA TODAS AS EDIÇÕES
Buscar por Nº: