PESQUISA / SUGEST�ES
RECEBA INFORMAÇÕES
28 de Agosto de 2015 | Notícias | Política

CUT-SP elege nesta sexta, dia 28, nova diretoria no 14º Congresso Estadual

CUT-SP elege hoje nova diretoria no 14º Congresso Estadual
Cerca de 900 delegados elegem nesta sexta, a partir das 10h, a nova diretoria da CUT-SP no último dia do 14° Congresso Estadual, o CECUT, em Águas de Lindóia. Com o tema “Por um Projeto Popular para Mudar São Paulo”, o encontro teve início na terça-feira.
Durante o encontro foram definidos o plano de lutas e as estratégias para o período de 2015-2019. Os metalúrgicos do ABC são representados no CECUT por 72 delegados.
“O plano de lutas reflete a unidade dos trabalhadores cutistas no combate às políticas neoliberais do governo do Estado de São Paulo”, afirmou o presidente do Sindicato, Rafael Marques.
Para ele, a permanência destas políticas tem agravado a crise sobre os trabalhadores no Estado. “São Paulo é o Estado brasileiro com mais perdas registradas de postos de trabalho, de índice de crescimento e de aumento da precarização do trabalho”, alertou Rafael.
As propostas foram debatidas pelos trabalhadores em assembleias no período de abril a julho deste ano. Na quarta, os temas foram discutidos em nove mesas temáticas no Congresso e apresentadas ontem em plenário.
A construção dos debates a partir das bases é o princípio político e metodológico que resgata a “CUT pela base”, marco da fundação da Central.
O presidente da CUT-SP, Adi dos Santos Lima, fez um balanço dos seus dois mandatos à frente da entidade e destacou as mobilizações intensas, a forte articulação com os movimentos sociais, cultura como forma de ação social e sindical, além de cooperação e trocas de experiências internacionais.
A composição da nova diretoria da CUT-SP será divulgada hoje no site do Sindicato e na próxima edição da Tribuna. O 12º Congresso Nacional da CUT, o CONCUT, será realizado de 13 a 17 de outubro em São Paulo.
Da Redação

Delegados durante atividade no CECUT, em Águas de Lindóia, interior paulista.

Cerca de 900 delegados elegem nesta sexta, a partir das 10h, a nova diretoria da CUT-SP no último dia do 14° Congresso Estadual, o CECUT, em Águas de Lindóia. Com o tema “Por um Projeto Popular para Mudar São Paulo”, o encontro teve início na terça-feira.

Durante o encontro foram definidos o plano de lutas e as estratégias para o período de 2015-2019. Os metalúrgicos do ABC são representados no CECUT por 72 delegados.

“O plano de lutas reflete a unidade dos trabalhadores cutistas no combate às políticas neoliberais do governo do Estado de São Paulo”, afirmou o presidente do Sindicato, Rafael Marques.

Para ele, a permanência destas políticas tem agravado a crise sobre os trabalhadores no Estado. “São Paulo é o Estado brasileiro com mais perdas registradas de postos de trabalho, de índice de crescimento e de aumento da precarização do trabalho”, alertou Rafael.

As propostas foram debatidas pelos trabalhadores em assembleias no período de abril a julho deste ano. Na quarta, os temas foram discutidos em nove mesas temáticas no Congresso e apresentadas ontem em plenário.

A construção dos debates a partir das bases é o princípio político e metodológico que resgata a “CUT pela base”, marco da fundação da Central.

O presidente da CUT-SP, Adi dos Santos Lima, fez um balanço dos seus dois mandatos à frente da entidade e destacou as mobilizações intensas, a forte articulação com os movimentos sociais, cultura como forma de ação social e sindical, além de cooperação e trocas de experiências internacionais.

A composição da nova diretoria da CUT-SP será divulgada hoje no site do Sindicato e na próxima edição da Tribuna. O 12º Congresso Nacional da CUT, o CONCUT, será realizado de 13 a 17 de outubro em São Paulo.

Da Redação

 

00
comentários para esta matériaCOMENTAR
Sindicato dos Metalúrgicos do ABC
Rua João Basso, 231 - CEP 09721-100
Centro - São Bernardo do Campo/SP
TRIBUNA METALÚRGICA


VEJA TODAS AS EDIÇÕES
Buscar por Nº: