PESQUISA / SUGEST�ES
RECEBA INFORMAÇÕES
2 de Setembro de 2015 | Notícias

Instituto Lula lança memorial das lutas democráticas do povo brasileiro

Foto: Adonis Guerra

Mais de duas mil pessoas participaram na noite de ontem do lançamento do Memorial da Democracia, museu virtual das lutas democráticas do povo brasi­leiro. A cerimônia aconteceu no Sindicato e contou com a presença do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

O site pode ser acessado por meio de com­putadores, tablet e celulares pelo endereço www.memorialdademocracia.com.br.

“Falar da democracia é uma necessidade de sobrevivência, de quem faz política no País, de quem acredita. Porque se manifestar é um pro­cesso legítimo”, declarou Lula. “Tudo faz parte do jogo democrático”, prosseguiu.

Concebido por uma equipe formada por jornalistas, historiadores, artistas e pesquisado­res, o Memorial é um espaço dedicado às lutas para a construção de um País mais justo, livre e soberano. Seu objetivo é colocar à disposição de todos os brasileiros conteúdos dinâmicos sobre a longa caminhada desde a Colônia até o século 21 em busca de democracia com justiça social.

Com o auditório lotado, o presidente dos Metalúrgicos do ABC, Rafael Marques, declarou que “o Sindicato é um espaço de luta, debate e tem a solidariedade da classe trabalhadora".

O site conta hoje com dois módulos que abor­dam os períodos mais recentes da história do Brasil. O primeiro, de 1964 a 1985, registra a corajosa resistência de tantos brasileiros contra a ditadura militar e o terror do Estado. Dá conta ainda da vigorosa retomada das lutas sociais, que levariam à derrocada do autoritarismo e à promulgação da Constituição Cidadã.

O segundo módulo, de 1985 a 2002, mostra como a reconquista da democracia permitiu ao povo lutar por seus direitos, colocando a inclusão social na agenda do País. Tudo isso tendo como pano de fundo uma extraordinária produção cultural, crítica, bem humorada e irreverente.

Foto: Edu Guimarães

 

Atualização de informações será constante

O Instituto Lula já trabalha em mais três módulos, que englobam os períodos de 1930 a 1945, de 1945 a 1964 e também os dois mandatos de Lula, de 2003 a 2010. Nos dois módulos lançados ontem, a navegação pode ser feita por meio da linha do tempo e dos extras, que oferece cartões em ordem cronológica com informações sobre os principais fatos e eventos.

“Trata-se da forma básica de nave­gação. Ela é complementada pelos extras, que mergulham mais fundo em alguns temas que não se prendem a datas específicas, atravessando perí­odos mais longos. Ao todo, são cerca de 440 episódios e mais 19 extras”, contou a coordenadora de conteúdo do Memorial, Heloísa Stalin.

O Memorial tem uma proposta multimídia, oferecendo aos visitantes textos, fotos, charges, desenhos, carta­zes, panfletos, documentos, notícias da imprensa, exemplares virtuais de jornais, áudios com trechos de can­ções e discursos, segmentos de filmes e vídeos etc. “No caso dos Extras, a linguagem é intencionalmente mais leve e lúdica, buscando dialogar com o público jovem”, disse Heloísa.

Da Redação. 

00
comentários para esta matériaCOMENTAR
Sindicato dos Metalúrgicos do ABC
Rua João Basso, 231 - CEP 09721-100
Centro - São Bernardo do Campo/SP
TRIBUNA METALÚRGICA


VEJA TODAS AS EDIÇÕES
Buscar por Nº: