PESQUISA / SUGESTÕES
RECEBA INFORMAÇÕES
30 de Outubro de 2015 | Notícias | Geral

Filho de companheiro na ZF consegue doador de medula

Filho de companheiro na ZF consegue doador de medula
O menino Felipe Martins da Silva, de 3 anos, filho do companheiro na ZF, em São Bernardo, Luciano Antonio da Silva, o Barney, conseguiu um doador compatível para o transplante de medula óssea.
A cirurgia pode ser a cura de uma doença rara no sangue, descoberta há cerca de cinco meses. O doador é um homem de 44 anos e já realiza os exames para o procedimento.
Em outubro, o Sindicato lançou a campanha ‘Metalúrgicos do ABC pela Vida’, ação que mobilizou toda a categoria, inclusive com a solidariedade dos delegados de todo o País durante do 12º Congresso Nacional da CUT, o CONCUT.
O presidente do Sindicato, Rafael Marques, declarou que os Metalúrgicos do ABC vão prosseguir na campanha de doação, pois há sempre quem necessite. “Sou doador desde 2007 e acredito que essas ações têm de ser duradouras. A solidariedade tem de ser impulsionada. Em 2007 éramos 150 mil doadores, hoje já somos três milhões em todo o País”.
“Tivemos muita sorte, pois a estimativa é de que a cada 100 mil pessoas haja um doador compatível. A classe trabalhadora não luta apenas por salários e empregos, luta por vida”, afirmou a diretora executiva do Sindicato, Ana Nice Martins de Carvalho, que também coordena a campanha.
Segundo Luciano, pai de Felipe, a expectativa agora é para a realização de todos os exames, tanto do doador quanto da criança. “Soube da notícia enquanto acompanhava Felipe na quimioterapia na última quarta, dia 28, e agora é só esperar o retorno dos médicos para agendar o procedimento”, afirmou.
“A família toda está extremamente feliz e na esperança que as próximas etapas sejam de sucesso, como o transplante e a recuperação de Felipe. Graças a solidariedade e união dos metalúrgicos do ABC, a campanha para salvar meu filho se espalhou. Serei eternamente grato a esta categoria”, disse Luciano.
Desde a divulgação do doador, a página no Facebook ‘Vamos ajudar o Felipe’ já recebeu mais de 200 mil mensagens de apoio e celebração.
O transplante de medula óssea nada tem a ver com transplante da medula espinhal. A medula óssea é um tecido encontrado no interior dos ossos e produz células sanguíneas, glóbulos brancos, gló¬bulos vermelhos e plaquetas. O doador é identificado a partir de exames de sangue e a doação não envolve cirurgia, cortes ou pontos.

Rafael e Ana Nice celebram a notícia do doador compatível de medula óssea de Felipe, filho de companheiro na ZF

O menino Felipe Martins da Silva, de 3 anos, filho do companheiro na ZF, em São Bernardo, Luciano Antonio da Silva, o Barney, conseguiu um doador compatível para o transplante de medula óssea.

A cirurgia pode ser a cura de uma doença rara no sangue, descoberta há cerca de cinco meses. O doador é um homem de 44 anos e já realiza os exames para o procedimento.

Em outubro, o Sindicato lançou a campanha ‘Metalúrgicos do ABC pela Vida’, ação que mobilizou toda a categoria, inclusive com a solidariedade dos delegados de todo o País durante do 12º Congresso Nacional da CUT, o CONCUT.

O presidente do Sindicato, Rafael Marques, declarou que os Metalúrgicos do ABC vão prosseguir na campanha de doação, pois há sempre quem necessite. “Sou doador desde 2007 e acredito que essas ações têm de ser duradouras. A solidariedade tem de ser impulsionada. Em 2007 éramos 150 mil doadores, hoje já somos três milhões em todo o País”.

“Tivemos muita sorte, pois a estimativa é de que a cada 100 mil pessoas haja um doador compatível. A classe trabalhadora não luta apenas por salários e empregos, luta por vida”, afirmou a diretora executiva do Sindicato, Ana Nice Martins de Carvalho, que também coordena a campanha.

Segundo Luciano, pai de Felipe, a expectativa agora é para a realização de todos os exames, tanto do doador quanto da criança. “Soube da notícia enquanto acompanhava Felipe na quimioterapia na última quarta, dia 28, e agora é só esperar o retorno dos médicos para agendar o procedimento”, afirmou.

“A família toda está extremamente feliz e na esperança que as próximas etapas sejam de sucesso, como o transplante e a recuperação de Felipe. Graças a solidariedade e união dos metalúrgicos do ABC, a campanha para salvar meu filho se espalhou. Serei eternamente grato a esta categoria”, disse Luciano.

Desde a divulgação do doador, a página no Facebook ‘Vamos ajudar o Felipe’ já recebeu mais de 200 mil mensagens de apoio e celebração.

O transplante de medula óssea nada tem a ver com transplante da medula espinhal. A medula óssea é um tecido encontrado no interior dos ossos e produz células sanguíneas, glóbulos brancos, gló¬bulos vermelhos e plaquetas. O doador é identificado a partir de exames de sangue e a doação não envolve cirurgia, cortes ou pontos.

Felipe Martins da Silva

00
comentários para esta matériaCOMENTAR
Sindicato dos Metalúrgicos do ABC
Rua João Basso, 231 - CEP 09721-100
Centro - São Bernardo do Campo/SP
TRIBUNA METALÚRGICA


VEJA TODAS AS EDIÇÕES
Buscar por Nº: