PESQUISA / SUGEST�ES
RECEBA INFORMAÇÕES
6 de Novembro de 2015 | Notícias

Sindicato participa do 23º Congresso do IG Metall na Alemanha

Foto: Frank Rumpenhorst

Os Metalúrgicos do ABC participaram em outubro do 23º Congresso do IG Metall, sindicato nacional dos me­talúrgicos da Alemanha, que representa 2,6 milhões de tra­balhadores no setor. O evento aconteceu em Frankfurt, na Alemanha.

O diretor de Comunica­ção do Sindicato e secretário de Relações Internacionais da Confederação Nacional dos Metalúrgicos da CUT, a CNM-CUT, Valter Sanches, esteve presente e afirmou que a categoria continua cooperando com a entidade alemã para ações conjuntas em defesa da base.

“Principalmente nas redes que também atua no Brasil, como Volks, Mercedes, ZF e Mahle”, destacou o dirigente.

Durante o Congresso, cerca de 450 delegados elegeram Jörg Hofmann como novo presiden­te do IG Metall, maior entidade da categoria no mundo. “O objetivo é traçar um plano de lutas que norteará políticas e bandeiras dos metalúrgicos alemães nos próximos quatro anos”, afirmou Sanches.

O Congresso foi acompa­nhado por uma delegação de sindicalistas de vários países.

A CNM-CUT também esteve representada pelo presidente Paulo Cayres, o Paulão, e o secretário-geral da CUT-SP e representante do Comitê Exe­cutivo da IndutriALL Global Union, a federação interna­cional dos trabalhadores na indústria, João Cayres.

Antes da sessão que elegeu a nova direção, participantes acompanharam pronuncia­mento da primeira ministra da Alemanha, Angela Merkel, sobre o momento delicado no país devido à onda migratória. Para ela, o fenômeno é o outro lado da globalização.

A chanceler alemã e o minis­tro da Economia da Alemanha, Sigmar Gabriel, defenderam os empregos dos trabalhadores na Volks no mundo. Recente­mente, a montadora admitiu que 11 milhões de veículos do grupo estão equipados com um dispositivo que burla os testes de emissão de gases, soltando na atmosfera mais poluentes do que os níveis exigidos.

“Ambos demonstraram pre­ocupação do governo com a montadora e trabalhadores que estão sofrendo pressões no chão de fábrica. E, para Sigmar, quem tem que assumir o erro são os executivos responsáveis", contou Sanches. Merkel e Sig­mar ainda destacaram a intensa participação do IndustriALL para resolver esta questão.

Paulo e João Cayres aprovei­taram a oportunidade para se reunir com os trabalhadores na Ford da Alemanha e discu­tir a realização de encontro de jovens metalúrgicos na mon­tadora dos dois países para os próximos anos. “Essa relação precisa ser cada dia mais estrei­ta e fortalecida”, finalizou João, que também é trabalhador na Ford, em São Bernardo.

Da Redação. 

00
comentários para esta matériaCOMENTAR
Sindicato dos Metalúrgicos do ABC
Rua João Basso, 231 - CEP 09721-100
Centro - São Bernardo do Campo/SP
TRIBUNA METALÚRGICA


VEJA TODAS AS EDIÇÕES
Buscar por Nº: