PESQUISA / SUGEST�ES
RECEBA INFORMAÇÕES
10 de Dezembro de 2015 | Notícias

13 de dezembro faz 47 anos do golpe mais duro da ditadura

Foto: Evandro Teixeira

Há 47 anos, no dia 13 de dezembro de 1968, os golpistas de 64 jogaram a última pá de cal sobre a democracia brasileira, com a edição do Ato Institucio­nal número 5.

O AI-5 autorizava de forma unilateral generais da ditadura civil-militar a fechar o Con­gresso Nacional, intervir nos estados e municípios, cassar mandatos parlamentares e os direitos políticos de qualquer cidadão. Também suspendia o direito ao habeas-corpus, vetava decisões do Judiciário, proibia manifestações polí­ticas, culturais e censurava a imprensa.

Segundo o presidente da As­sociação dos Metalúrgicos Anistiados do ABC, a AMA-A ABC, João Paulo de Oliveira, a categoria ousou em romper esse silêncio, após dez anos de arbitrariedades, com grandes manifestações.

“Os últimos anos de 1970 vi­ram o surgimento de um novo movimento sindical dos traba­lhadores brasileiros, influindo na abertura democrática e na história do Brasil das décadas subsequentes”, lembrou o di­rigente.

“Novo sindicalismo é como ficou conhecida a ação que surgiu com a greve dos traba­lhadores na Scania, em 1978, e se alastrou por outras empresas. Essas mobilizações contribuí­ram com a luta pela redemo­cratização do País”, prosseguiu.

O episódio lançou a base para o Brasil de agora, onde foram criados o Partido dos Trabalhadores e a CUT, além das alianças entre os movi­mentos sociais e sindical, que desencadearam as Diretas Já!, as lutas pelos avanços sociais na Constituição e possibilita­ram a eleição de Lula, como o primeiro presidente operário do País.

Sobre o processo de impea­chment instaurado pela Câma­ra dos Deputados, o presidente da AMA-A alertou para o peri­go de um novo golpe.

“Isso é o que querem alguns movimentos e não podemos permitir. Seria uma nova di­tadura, como se o tempo vol­tasse e revivêssemos todo o sofrimento da época”, concluiu João Paulo.

Da Redação. 

00
comentários para esta matériaCOMENTAR
Sindicato dos Metalúrgicos do ABC
Rua João Basso, 231 - CEP 09721-100
Centro - São Bernardo do Campo/SP
TRIBUNA METALÚRGICA


VEJA TODAS AS EDIÇÕES
Buscar por Nº: