PESQUISA / SUGEST�ES
RECEBA INFORMAÇÕES
16 de Agosto de 2016 | Notícias

Companheiros na Mercedes estão convocados para assembleia amanhã

(Foto: Adonis Guerra)

Diante da intransigência da direção da Mercedes em buscar um caminho negociado com o Sindicato e após ter comunicado a parada total da fábrica e a demissão de trabalhadores, a repre­sentação dos metalúrgicos na monta­dora convoca todos para assembleia na Sede, amanhã, dia 17, às 10h. Os companheiros começaram a receber telegramas de demissão ontem.

“O nosso objetivo é construir um acordo que preserve os empregos, mas a empresa vem resistindo. Por isso, é importante a presença massiva dos trabalhadores para fortalecer o movimento e mostrar que estamos mobilizados”, afirmou o coordenador do CSE na Mercedes, Ângelo Máximo de Oliveira Pinho, o Max (foto).

Foram quatro dias de atos dos tra­balhadores em reação ao comunicado que a montadora divulgou no dia 2 com a intenção de demitir mais de dois mil companheiros considerados excedentes.

A empresa não quer discutir mecanis­mos para evitar demissões e atravessar o momento, como o Programa de Proteção ao Emprego, o PPE, e o layoff. Após as passeatas internas, foram reali­zadas duas conversas com a montadora.

“A fábrica insiste a todo o momento que não é possível construir alternativas e que precisa demitir. A união é funda­mental contra essa postura intransigen­te”, concluiu.

Solidariedade Alemã

Os trabalhadores da Comissão de Fábrica em Wörth, na Alemanha, filiados ao IG Metall, enviaram carta de solidariedade aos companheiros em São Bernardo. Também realizaram panfletagem na fábrica de caminhões alemã para conscientizar a importância da luta em defesa do emprego dos companheiros no Brasil.

Da Redação

00
comentários para esta matériaCOMENTAR
Sindicato dos Metalúrgicos do ABC
Rua João Basso, 231 - CEP 09721-100
Centro - São Bernardo do Campo/SP
TRIBUNA METALÚRGICA


VEJA TODAS AS EDIÇÕES
Buscar por Nº: