PESQUISA / SUGEST�ES
RECEBA INFORMAÇÕES
19 de Agosto de 2016 | Notícias

Trabalhadores na Mercedes queimam telegramas de demissão

(Foto: Edu Guimarães)

No terceiro dia de mobilizações na Mercedes, em São Bernardo, os trabalhadores queimaram os telegramas com os avisos de demissões enviados pela montadora. O ato foi realizado na manhã de hoje, 19, na portaria da fábrica.

“A queima dos telegramas é para a direção da empresa ver o destino que vamos dar aos avisos que mandou de maneira indigna aos trabalhadores. Não tem validade e não aceitaremos tamanho desrespeito”, afirmou o secretário-geral da CUT, Sérgio Nobre.

“E que nunca mais se cometa esse tipo de violência contra a classe trabalhadora. Todo problema tem sua solução e é preciso ter vontade para encontrar caminhos de maneira negociada”, destacou.

No fim do ato, a direção da empresa entrou em contato com a representação dos trabalhadores para nova reunião hoje. Na próxima segunda-feira, 22, às 10h, a assembleia será em frente ao Sindicato.

A Mercedes começou a enviar os telegramas de demissão na segunda, 15, e colocou todos os companheiros na planta em licença remunerada. Na quarta, mais de sete mil metalúrgicos caminharam da Sede até a Praça da Matriz, no Centro. No dia seguinte, os trabalhadores fizeram passeata pelas ruas no entorno da fábrica até a via Anchieta contra demissões.

No dia 2, a empresa divulgou comunicado com a intenção de demitir mais de dois mil trabalhadores considerados excedentes. 

Da Redação

00
comentários para esta matériaCOMENTAR
Sindicato dos Metalúrgicos do ABC
Rua João Basso, 231 - CEP 09721-100
Centro - São Bernardo do Campo/SP
TRIBUNA METALÚRGICA


VEJA TODAS AS EDIÇÕES
Buscar por Nº: