PESQUISA / SUGESTÕES
RECEBA INFORMAÇÕES
14 de Março de 2018 | Hot Site | Jurídico

Liberdade e autonomia sindical

-

Compartilhar: Publicar:

Uma das maneiras de os patrões inviabilizarem a negociação coletiva e reduzirem ou suprimirem os direitos dos trabalhadores é dificultar a atuação do Sindicato.

A forma mais fácil de fazer isto é reduzir a arrecadação financeira da entidade, de modo que não se consiga suportar as despesas, sobretudo com as campanhas salariais, negociações de PLR, entre outros. A categoria toda sofreria e sabe disto. O que já foi feito com a reforma Trabalhista, que tornou o “Imposto Sindical” facultativo.

O Sindicato preza a liberdade e autonomia sindical. O trabalhador tem o direito de participar ou não de suas atividades, reuniões, assembleias, manifestações, dentre tantas outras que são realizadas ao longo do ano.

Os Metalúrgicos do ABC, de acordo com a Constituição Federal, devem atuar na defesa dos interesses de toda a categoria, mas defendem que aqueles que não desejarem contribuir, poderão exercer seu direito de oposição integral, o que inclui as negociações coletivas.

Assim, não sofrerão o desconto da Taxa Negocial, mas, em contrapartida, também não terão direito aos ganhos e benefícios conquistados pela categoria, nos acordos coletivos. Liberdade ampla para todos. É justo para toda a categoria.

Da redação

00
comentários para esta matériaCOMENTAR
Sindicato dos Metalúrgicos do ABC
Rua João Basso, 231 - CEP 09721-100
Centro - São Bernardo do Campo/SP
TRIBUNA METALÚRGICA


VEJA TODAS AS EDIÇÕES
Buscar por Nº: