PESQUISA / SUGESTÕES
RECEBA INFORMAÇÕES
7 de Agosto de 2018 | Notícias

Sindicato realiza formatura dos alunos do 1º semestre da Escola

Os Metalúrgicos do ABC realizaram a cerimônia de formatura dos alunos dos cursos do 1º semestre da Escola Livre para Formação Integral “Dona Lindu”, no dia 31 de julho, na Regional Diadema.

São 521 pessoas que se formaram nos cursos oferecidos pelo convênio com o Senai e o Sindicato e Cidadania. Desse total, cerca de 200 pessoas fizeram dois ou mais cursos no período. Foram 1.244 inscritos no semestre. Na formatura, os representantes dos alunos contaram um pouco como foi a experiência na Escola (confira ao lado).

Pelo convênio com o Senai, foram seis cursos com cargas horárias entre 60 a 168 horas: Comandos Elétricos, Desenho Técnico, Eletricista Instalador, Informática, Inspetor de Qualidade e Matemática.

“A Educação é umas das prioridades dos Metalúrgicos do ABC na atuação como um Sindicato Cidadão, em todos os temas que influenciam a vida do trabalhador, dentro e fora da fábrica”, afirmou o secretário-geral do Sindicato, Aroaldo Oliveira da Silva.

“Neste momento de ataques aos direitos e com os avanços da Indústria 4.0, é fundamental a formação e a qualificação dos trabalhadores para ocupar os postos de trabalho”, prosseguiu.

A diretora executiva do Sindicato, responsável pela Formação, Michelle Marques, ressaltou a importância dos cursos na sociedade.

“Parabéns aos alunos por concluir mais essa etapa na vida. O Sindicato Cidadão atua não apenas para a formação dos metalúrgicos, mas também da comunidade carente ao redor ao dar oportunidade para as pessoas se qualificarem e conseguirem um bom emprego”, disse.

“A iniciativa dialoga com o momento em que a sociedade vem sendo privada de direitos, incluindo a educação de qualidade. Além disso, os cursos possibilitam a integração dos alunos mais jovens e dos mais experientes”, continuou.

O coordenador da Juventude Metalúrgica do ABC e formador voluntário, Leonardo Farabotti, o Léo, explicou que as aulas têm um processo diferenciado na Escola. “Não é só a formação técnica, já que o Sindicato e Cidadania complementa o conhecimento humanístico, sociológico e fomenta o pensamento crítico das pessoas”, lembrou.

A Escola “Dona Lindu” foi inaugurada no dia 5 de dezembro de 2013 pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Na ocasião, ele contou que sua chegada à Presidência da República começou quando entrou no Senai, como resultado da perseverança de sua mãe, homenageada com o nome da Escola do Sindicato.

 

Os Metalúrgicos do ABC
realizaram a cerimônia
de formatura dos alunos
dos cursos do 1º semestre da Escola
Livre para Formação Integral
“Dona Lindu”, no dia 31 de julho,
na Regional Diadema.
São 521 pessoas que se formaram
nos cursos oferecidos pelo
convênio com o Senai e o Sindicato
e Cidadania. Desse total, cerca
de 200 pessoas fizeram dois ou
mais cursos no período. Foram
1.244 inscritos no semestre. Na
formatura, os representantes
dos alunos contaram um pouco
como foi a experiência na Escola
(confira ao lado).
Pelo convênio com o Senai,
foram seis cursos com cargas
horárias entre 60 a 168 horas:
Comandos Elétricos, Desenho
Técnico, Eletricista Instalador, Informática,
Inspetor de Qualidade
e Matemática.
“A Educação é umas das prioridades
dos Metalúrgicos do ABC
na atuação como um Sindicato
Cidadão, em todos os temas que
influenciam a vida do trabalhador,
dentro e fora da fábrica”,
afirmou o secretário-geral do Sindicato,
Aroaldo Oliveira da Silva.
“Neste momento de ataques
aos direitos e com os avanços da
Indústria 4.0, é fundamental a
formação e a qualificação dos trabalhadores
para ocupar os postos
de trabalho”, prosseguiu.
A diretora executiva do Sindicato,
responsável pela Formação,
Michelle Marques, ressaltou a importância
dos cursos na sociedade.
“Parabéns aos alunos por
concluir mais essa etapa na vida.
O Sindicato Cidadão atua não
apenas para a formação dos
metalúrgicos, mas também da
comunidade carente ao redor ao
dar oportunidade para as pessoas
se qualificarem e conseguirem
um bom emprego”, disse.
“A iniciativa dialoga com o momento
em que a sociedade vem
sendo privada de direitos, incluindo
a educação de qualidade. Além
disso, os cursos possibilitam a integração
dos alunos mais jovens e
dos mais experientes”, continuou.
O coordenador da Juventude
Metalúrgica do ABC e formador
voluntário, Leonardo Farabotti, o
Léo, explicou que as aulas têm um
processo diferenciado na Escola.
“Não é só a formação técnica,
já que o Sindicato e Cidadania
complementa o conhecimento
humanístico, sociológico e fomenta
o pensamento crítico das
pessoas”, lembrou.
A Escola “Dona Lindu” foi
inaugurada no dia 5 de dezembro
de 2013 pelo ex-presidente Luiz
Inácio Lula da Silva. Na ocasião,
ele contou que sua chegada à Presidência
da República começou
quando entrou no Senai, como
resultado da perseverança de sua
mãe, homenageada com o nome
da Escola do Sindicato.

Fotos: Adonis Guerra

 Da redação

 

00
comentários para esta matériaCOMENTAR
Sindicato dos Metalúrgicos do ABC
Rua João Basso, 231 - CEP 09721-100
Centro - São Bernardo do Campo/SP
TRIBUNA METALÚRGICA


VEJA TODAS AS EDIÇÕES
Buscar por Nº: