PESQUISA / SUGESTÕES
RECEBA INFORMAÇÕES
9 de Abril de 2019 | Notícias

Representação na Mercedes participa de oficina sobre reforma da Previdência

Foto: Divulgação

Os integrantes do CSE na Mercedes, em São Bernardo, participaram de oficina do Sindicato sobre a reforma da Previdência. O encontro foi realizado no Centro de Formação Celso Daniel, ao lado da Sede, no dia 2.

O secretário-geral dos Metalúrgicos do ABC, Aroaldo Oliveira da Silva, reforçou a importância de a categoria se preparar e aprofundar o debate sobre os impactos que essa proposta representa para os trabalhadores brasileiros.

“Temos que ter claro que isso não é uma proposta, é o desmonte de todo o sistema de Previdência Social. Impor idade mínima de 65 anos para os homens e 62 anos para mulheres é um absurdo. Ter 40 anos de contribuição é outro absurdo”, afirmou.

“A reforma representa o fim da aposentadoria. Por isso, estamos organizando diversas oficinas com os CSEs para debater a fundo e combater esse modelo que pode levar o Brasil para a miséria absoluta”, prosseguiu.

O coordenador do CSE na Mercedes, Ângelo Máximo de Oliveira Pinho, o Max, explicou que a oficina foi importante para preparar a representação para o debate do dia a dia.  

“Os CSEs precisam estar sempre atualizados para poder dialogar com os trabalhadores, ouvir as demandas e tirar dúvidas do pessoal. Temos que acompanhar todo o processo no Congresso, já que informações novas chegam a todo o momento”, disse.

“Essa reforma vai atingir até quem já está aposentado ao acabar com o reajuste anual vinculado ao salário mínimo”, exemplificou. “Quem está para se aposentar e faltam dois anos terá de pagar 50% de pedágio, ou seja, trabalhar um ano a mais se a reforma passar. Mas para quem faltam dois anos e meio para se aposentar já não terá direito ao pedágio”, alertou.  

“Exercitamos na oficina as diversas situações de trabalhadores para afinar o entendimento dos representantes. É com informação e conhecimento que vamos traçar estratégias e barrar essa reforma”, concluiu.

A oficina foi realizada pelo Departamento de Formação, Subseção Dieese no Sindicato e assessoria jurídica.

Oficina com trabalhadores

No sábado, dia 30 de março, cerca de 20 trabalhadores na Mercedes e seus familiares participaram de uma oficina no Sindicato. O objetivo foi entender os anseios e as preocupações dos trabalhadores, além de avaliar a atuação da representação no local de trabalho em cada área na fábrica e na categoria.

“A ideia é fazer novas turmas com outros trabalhadores para que apontem os erros e acertos e, juntos, possamos melhorar e inovar a forma de nos organizar”, afirmou Max.

Da Redação. 

00
comentários para esta matériaCOMENTAR
Sindicato dos Metalúrgicos do ABC
Rua João Basso, 231 - CEP 09721-100
Centro - São Bernardo do Campo/SP
TRIBUNA METALÚRGICA


VEJA TODAS AS EDIÇÕES
Buscar por Nº: