PESQUISA / SUGEST�ES
RECEBA INFORMAÇÕES
22 de Agosto de 2019 | Hot Site | Formação

36 anos da CUT: um patrimônio da classe trabalhadora

A Central Única do Trabalhadores (CUT) comemora 36 anos de existência no próximo dia 28 de agosto. A CUT é a central com maior tempo de existência na história do sindicalismo brasileiro.

Num país de tradição autoritária e de longo histórico de repressão aos sindicatos, essa longevidade deve ser comemorada como uma conquista da classe trabalhadora brasileira.

A CUT é a maior central sindical da América Latina e a quinta do mundo representando uma base de aproximadamente 24 milhões de trabalhadores e trabalhadoras, com oito milhões de sindicalizados entre as suas 3.800 entidades filiadas.

Qual a importância de uma central sindical como a CUT para a sociedade?

A criação de centrais sindicais é uma antiga tradição do sindicalismo em todo o mundo porque é necessário organizar a classe trabalhadora em nível nacional para defender os interesses que são de todos os trabalhadores.

Por exemplo, direitos trabalhistas em geral, regras de proteção social, normas que regulam e protegem a saúde do trabalhador devem ser defendidas por todos os trabalhadores independente da sua categoria profissional. Ou seja, a Central sindical possui uma dimensão classista que une todo os trabalhadores.

No atual momento que a classe trabalhadora se vê ameaçada por mais um ataque aos seus direitos como prevê a MP 881/2019 que altera vários pontos da CLT, é fundamental que a classe trabalhadora esteja unida e organizada em todo o país.

Comente este artigo. Envie um e-mail para formacao@smabc.org.br

Departamento de Formação

00
comentários para esta matériaCOMENTAR
Sindicato dos Metalúrgicos do ABC
Rua João Basso, 231 - CEP 09721-100
Centro - São Bernardo do Campo/SP
TRIBUNA METALÚRGICA


VEJA TODAS AS EDIÇÕES
Buscar por Nº: