PESQUISA / SUGESTÕES
RECEBA INFORMAÇÕES
5 de Setembro de 2019 | Notícias

CCJ do Senado aprova relatório da reforma da Previdência

Foto: Divulgação 

A CCJ (Comissão de Constituição e Justiça do Senado) do Senado aprovou ontem, por 18 votos a 7, o parecer do relator Tasso Jereissati (PSDB-CE) sobre a reforma da Previdência. Até o fechamento desta edição, os destaques, que tratam de pedido de retirada de partes do texto, ainda seriam votados. Se aprovado, segue para o plenário.

Para a PEC não voltar para a Câmara, o Senado propôs uma PEC Paralela, que vai incluir pontos na reforma da Previdência.

Em seu relatório, o senador manteve a maioria das maldades da reforma, com o fim da aposentadoria por tempo de contribuição; a obrigatoriedade da idade mínima de 65 anos para os homens e 62 para as mulheres se aposentarem; a mudança na fórmula de cálculo do salário benefício, que rebaixará o valor médio dos benefícios.

O presidente da CUT, Vagner Freitas, afirmou que a classe trabalhadora continuará lutando contra o desmonte do sistema de Seguridade Social.

“O Brasil precisa de geração de emprego e renda com carteira assinada e não transformar o emprego em bico que é o que como eles fizeram agora. O Brasil precisa de um estado voltado para o interesse do cidadão e não voltado de meia dúzia de grupos econômicos que querem transformar o Brasil num quintal das multinacionais”, disse.

00
comentários para esta matériaCOMENTAR
Sindicato dos Metalúrgicos do ABC
Rua João Basso, 231 - CEP 09721-100
Centro - São Bernardo do Campo/SP
TRIBUNA METALÚRGICA


VEJA TODAS AS EDIÇÕES
Buscar por Nº: