PESQUISA / SUGEST�ES
RECEBA INFORMAÇÕES
6 de Novembro de 2019 | Notícias

Jovens de 1968 falam sobre o AI-5: que história é essa?

Compartilhar: Publicar:

Foto: Divulgação

Após a declaração irresponsável e covarde do deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) sugerindo a criação de um novo AI-5 (Ato Institucional Número 5), representantes da AMA-A ABC (Associação dos Metalúrgicos Anistiados e Anistiandos do ABC) repudiam e esclarecem o que foi a repressão militar.

Para isso, o Sindicato lançou a web-série ‘AI-5: Que história é essa?’. Os dois primeiros episódios já estão no ar, com José Drummond e José dos Santos Cruz. Confira na página facebook.com/smabc e no canal do YouTube do Sindicato.

O presidente da AMA-A ABC, João Paulo de Oliveira, falou com a Tribuna sobre o AI-5.

“1968. 13 de dezembro. Vai fazer 51 anos do Ato Institucional Número 5, talvez o mais perverso. É o símbolo da repressão, é o símbolo da tortura.

O Ato representou o fechamento do Congresso e de Câmaras, cassação de governadores, prefeitos, deputados. Intervenções em sindicatos, cassação de dirigentes sindicais. Prisões, autorização para torturas e assassinatos de quem achavam ser opositores do sistema.

Foi isso que nós, jovens de 68, sofremos. Esse Ato Institucional cortava e limitava todos os direitos de todo cidadão brasileiro. São mais de 400 assassinatos, vários companheiros e companheiras estão desaparecidos até hoje.

Ai vem um deputado federal, com liberdade de expressão, e fala o que quer e acha que pode voltar o AI-5, defendendo a sua própria cassação. Bravata, mas não dá para ficar calado. É perigoso. Vamos ter que nos unir, estar atentos, para que não se esqueça, para que não mais aconteça. AI-5, repressão, ditadura, NUNCA MAIS!”

 

00
comentários para esta matériaCOMENTAR
Sindicato dos Metalúrgicos do ABC
Rua João Basso, 231 - CEP 09721-100
Centro - São Bernardo do Campo/SP
TRIBUNA METALÚRGICA


VEJA TODAS AS EDIÇÕES
Buscar por Nº: