65% da população da Grande São Paulo está endividada

Em fevereiro, 65% da população da Grande São Paulo tinha algum tipo de dívida, mostrou pesquisa da Federação do Comércio do Estado de São Paulo. Desse total, 39,1% estava sem pagar. O estudo também apontou que 74% dos devedores com pagamentos em atraso não acreditam que irão liquidar suas contas no curto prazo.

O levantamento da Federação mostrou ainda que 15,3% dos entrevistados têm entre 51% e 70% dos ganhos mensais comprometido com dívidas, que incluem cheque especial, cartão de crédito, empréstimo pessoal e prestações em geral.

A entidade considera que há uma tendência de manutenção desse endividamento. De acordo com o estudo, 43% dos entrevistados responderam ter a mesma quantidade de dívidas que no mês anterior, 22% disseram ter mais e 30,8% afirmaram que o nível de endividamento caiu. Segundo a Federação, isso se explica também pela concentração de contas com vencimento no início do ano.