De Matteo: Acidente esmaga braço de operadora

Grave acidente ocorrido na De Matteo, em Diadema, no início deste mês, esmagou parte do braço esquerdo da operadora de máquinas Maria. Ela foi operada e teve o braço amputado na altura do cotovelo.

O acidente aconteceu quando a luva de Maria enroscou na fura-deira e puxou seu braço.

De acordo com o diretor do Sindicato, Mauro Soares, a furadeira não tinha qualquer proteção, em total desacordo com a lei.

Ele esteve na fábrica e disse que as condições de trabalho são um lixo: “As máquinas não têm proteção e de tão velhas ainda contam com ultrapassados pedais mecânicos”.

Para tentar descaracterizar qualquer culpa no acidente, a gerência da fábrica não interditou a furadeira, não fez Boletim de Ocorrência e nem emitiu a CAT – Comunicação de Acidente de Trabalho.

O ambiente e o maquinário são tão perigosos que o Sindicato acionou o Ministério Público do Trabalho.

“Vamos colocar um fim nessa situação. Não podemos permitir que os trabalhadores fiquem expostos a graves acidentes, com possibilidade de mutilações e até de risco de morte”, avisou Mauro.