Organização garante sucesso das eleições

Terminou ontem de maneira tranquila e com participação expressiva da categoria o segundo turno das eleições no Sindicato. Nesta etapa, os metalúrgicos do ABC escolheram o Conselho da Executiva da Direção e o Conselho Fiscal. Na avaliação dos coordenadores José Paulo Nogueira, de São Bernardo, Sérgio Nobre, de Diadema, e Geovane Correa, de Santo André, a forma de organização do Sindicato foi a principal responsável pelo sucesso do pleito. A apuração será hoje, a partir das 9h, na Sede.

Eleição fortalece o Sindicato

Nossas conquistas são fundamentais para o êxito da eleições.  “O crescimento do emprego, a tarifa zero, a luta pela organização no local de trabalho, a antecipação da data-base, os 4% de aumento real mostram que somos sérios e representativos”, diz Geovane Correa, coordenador de Santo André.

Em sua opinião, estas vitórias dão confiança e fazem com que o trabalhador procure as urnas porque deseja manter um Sindicato que luta, conquista e tem propostas. “O processo eleitoral fortalece todos esses laços e a eleição transparente e democrática que realizamos favorece esse processo”, afirma Geovane.

Mais comitês

Para Sérgio Nobre, coordenador de Diadema, a eleição mostrou que os companheiros têm consciência. “Além desse fator, nossa forma de organização é modelo para a reforma sindical”, lembra. Por isto, ele acredita que as eleições passaram a interessar todo o País. “Afinal, o sucesso do pleito é importante para que a reforma sindical vingue”, destaca Sérgio Nobre.

Ele nota que os metalúrgicos do ABC sabem que as conquistas dependem do papel que desempenham. “O processo eleitoral fez com que os trabalhadores em muitas empresas em Diadema organizassem seu Comitê Sindical”, conta Sérgio Nobre. “Praticamente dobramos o número de Comitês e tenho certeza que daqui há três anos esse número será ainda maior”, diz.   

Novos militantes

José Paulo, coordenador de São Bernardo, ressalta que, da forma como o Sindicato é organizado, toda eleição é um ganho. “É sempre uma oportunidade de levarmos nossa mensagem e ver crescer o número de militantes que defendem a proposta dos metalúrgicos do ABC”, observa o coordenador de São Bernardo.

Sua avaliação é que todo o processo foi bastante positivo e, com certeza, fortaleceu a categoria.