Tracker fecha a quinzena na liderança do mercado

Fiat segue firme no primeiro lugar, mas Strada perde para o SUV da Chevrolet

Em uma grande reviravolta em relação aos últimos balanços de venda por modelo, a Chevrolet Tracher fechou a primeira quinzena na liderança desse ranking, com quase 3,8 mil emplacamentos, ante os 3,45 mil da Fiat Strada, que ficou em segundo lugar. Na sequência vêm o Chevrolet Onix (3 mil licenciamentos), Hyundai HB20 (2,4 mil), Hyundai Creta (perto de 2,3 mil) e VW T-Cross (2,1 mil).

Os SUVs vêm ganhando cada vez mais espaço no mercado brasileiro, mas dificilmente os veículos do gênero aparecem entre os três primeiros colocados da lista dos modelos mais vendidos no Brasil. Na primeira metade deste mês, contudo, são três os SUVs entre os seis com maior volume de emplacamentos.

Já no acumulado do ano, de primeiro de janeiro a 15 de outubro, a Strada consolida sua liderança, com 89,5 mil unidades negociadas. Do segundo ao sexto lugar estão o HB20, Onix, VW Gol, Onix Plus e Fiat Mobi. Quatro SUVs completam o Top 10 no cômputo total de 2022: Tracker, T-Cross, Creta e Jeep Compass.

Assim como o seu carro-chefe, a Strada, a Fiat também segue firme na liderança, com quase 13,7 mil licenciamentos na primeira quinzena e fatia de 20,9% do total de veículos leves comercializados no período. A General Motors é a segunda – 11 mil e 17% -, seguida da Volkswagen – 9,7 mil e 14,8% -, e da Toyota – 6,98 mil e 10,7%. A Hyundai, que vem acirradamente disputando a quarta colocação com a marca japonesa, ficou em quinto lugar nos primeiros 15 dias do mês, com 5,24 mil licenciamentos e participação de 8%.

Do AutoIndústria