Acordos se estendem para 162 fábricas na base

Deu resultado a tática usada pelo Sindicato ao ameaçar inter­romper a produção nas empre­sas na base que não pagassem 8% de reajuste na Campanha Salarial 2014.

Até o fechamento desta edi­ção da Tribuna, 162 fábricas já haviam garantido a adesão ao acordo que determina o pagamento de 6,35% referente a reposição integral da inflação dos últimos doze meses medida pelo INPC e o aumento real de 1,55%, ambos retroativos à data-base da categoria em 1º de setembro.

Para pressionar as empresas que ainda não haviam aceitado a proposta, ontem os trabalha­dores interromperam a produ­ção em algumas fábricas que não haviam fechado acordo. O resultado novamente foi positivo.

Na GL – antiga SMS –, em Diadema, por exemplo, os com­panheiros cruzaram os braços por quatro horas e meia e apro­varam paralisação total durante nesta quinta-feira.

“A fábrica entendeu nosso recado”, comemorou o coor­denador da Regional Diadema, David Carvalho. “Logo após a assembleia, o pessoal da GL entrou em contato e se compro­meteu em dar o reajuste de 8%”, prosseguiu.

“Que isso sirva de exemplo para outras empresas na base. A partir de hoje, vamos fazer uma visitinha nas portarias de quem ainda não fechou acordo para ver se mudam de ideia”, avisou David.

A luta também garantiu o reajuste na B. Grob, em São Bernardo. Após duas horas de mobilização e a aprovação do estado de alerta, os represen­tantes da empresa entraram em contato com o Sindicato e pagarão os 8%.

“É desta forma que garan­timos os nossos direitos”, des­tacou o coordenador de São Bernardo, Nelsi Rodrigues, o Morcegão. “Mas as mobiliza­ções não acabaram. Vamos intensificar as ações para que as conquistas dos 8% repercutam nas empresas que ainda não aceitaram o reajuste”, prosse­guiu.

Ainda em São Bernardo, os trabalhadores na Mensan – antiga Cabomat – já estão em estado de alerta. “Aprovamos a operação tartaruga e o fim das horas extras até o acordo”, afirmou Morcegão.

Já na Mahle, os companheiros dos três turnos pararam e fo­ram embora, interrompendo completamente a produção. Eles prometem novas mobili­zações, enquanto o Sindicato aguarda contato da fábrica para negociar.

Em Ribeirão Pires, os meta­lúrgicos na Soma cruzaram os braços por quatro horas. Depois da paralisação a empresa agen­dou reunião discutir o reajuste na tarde de hoje.

“Parar a produção foi só um alerta”, afirmou o coordenador da Regional Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra, Marcos Paulo Lourenço, o Marquinhos. “Hoje tem muito mais”, finalizou.

Empresas que já concordaram com o reajuste de 8%

SÃO BERNARDO

A.Q. INDÚSTRIA

AGUERO

ARCINCO

ARTEB

B.GROB

BACKER

BEDAL

BELGA METAL

CARHEJ

CHAMA

CLARUS

CONEX

COSMA

D.CATELAN

DULONG

EDANCA

ELEVADORES OTIS

ELETRO INOX

ETREAL

FIAMM

GKC

GRUNDFOS

HMC

JODECLAN

JRM

JVM

KARMANN GHIA

KEEFER

KOSTAL

LACERDA

LAVRITA

MAGNA COSMA

MBS

MULTIFLUX

NOVA SAMBER

ORBITAL

OSVALDA

PASCHOAL

PATRIZZI

PCM

PROXYON

QUALIMOLD

QUALITY REVISADORA

QUALITY SERVIÇOS

QUANTUM

RAFTEC

RAUL AUGUSTO

SAMBER

SAMOT

SAVTEC

SELCO

SERAL/OTIS

SM

SOGEFI

SOUTH

SUSPENSÃO SÃO BERNARDO

SV EMPRESA DE SERVIÇOS

TOLEDO

TRANSLIFT

VALEO

ZF

 

DIADEMA

AFFINIA

ALL FASTENERS

AMANIZ

ARTEB

AUTOMETAL

BELDEN

BKL

BRASMECK

BRASMETAL

CALDEX

COMETA

CONIPOST

CONTINETAL PARAFUSOS

DANA FORJADO

DANA SPICER

DELGA

DELTA

ENGEMETAL CONSTRUÇÕES

ENGEMETAL MONTAGEM

FASTEEL

FEDERAL MOGUL

GALVANOPLASTIA DIADEMA

GENERAL FIX

GENERAL TOOLS

GL / SMS

HAENKE

HEMATEC

HERAL

IBRAMAVE

IGP

INDUCERGEM

IRMÃOS PARASMO

ISRINGHAUSEN

ITAESBRA

JANELLOT

JANILSON

KORTLASER

LEAL CAR

LEGAS METAL

LISANFREE ESTAMPARIA

LISANFREE SERRALHERIA

LM DIPSLAY

LUMEC

M A DE SIQUEIRA

MAFERSIL

MARK FLEX

MELLING

METALPART

METALTORK

MGE

MICROCAST

MULT TEMPERA

MURISTAMP

NEW JAPAM

NOVEMP

PERFIL

PARKER

PLAST MOLD

POLISTAMPO

PRIME

PRO MARCH

QUIMIS

REALBAT

RECUPERADORA DE M8

RESIL

REVOLUZ

SBS

SYBS

TECHNIQUES

TERMICOM

THERMO CLEAN

TRW

TTB

TUROTEST

UNIFORJA

WAGNER LENNARTZ

WEIDMULLER

WELCON

ZINCAGEM MARTINS

 

RIBEIRÃO PIRES

ATLAS

DURA AUTOMOTIVE

ESTAMPFER

FERCOL

FMF

J.C. CUSTÓDIO

KEWPIE

L&B

MARDEL

MASAFLEX

METAL TAMPOS

MILTON SOSSIDA

OTMO

OURO FINO

PLASTO

SCA

SPARX

SS FERRAMENTARIA

SWB

UNITEC

UNIWIDIA

VECTOR

Da Redação