Greve na Karmann-Ghia avança contra atrasos nos salários

Foto: Adonis Guerra

Desde a última sexta, dia 5, trabalhadores na Karmann-Ghia, em São Bernardo, conti­nuam com os braços cruzados contra os seguidos atrasos nos pagamentos dos salários de dezembro e janeiro passados, férias, 13º, convênio médico, entre outros.

Uma assembleia está mar­cada para segunda, dia 15, às 7h30, na fábrica para esclare­cimentos e novos encaminha­mentos do Sindicato quanto à greve.

Segundo o coordenador de São Bernardo, Nelsi Rodri­gues, o Morcegão (foto), toda a produção está parada. “Ne­nhum trabalhador mexe um parafuso até que todos os débitos trabalhistas sejam quitados. Com esse acúmulo de atrasados, o Sindicato não teve outra alternativa a não ser atuar fortemente pelos direitos dos companheiros”, garantiu.

“Há alguns anos a fábri­ca passa por dificuldades e, com a retração no setor automotivo no ano passado, a situação se agravou com a falta de pedidos. Mas não dá mais para o ônus ficar com o trabalhador. Eles levantam todos os dias e cumprem com seus deveres. Queremos que a Karmann-Ghia cumpra com o seu também”, prosseguiu o dirigente.

Morcegão declarou ainda que o diálogo com o Sindi­cato continua aberto. “Esta não é a primeira vez que essa situação acontece. Temos confiança que a unidade e apoio dos companheiros na fábrica são importantes para uma solução o quanto antes”, concluiu.

Da Redação.