A nação está em ruínas, mas a esperança vencerá o medo!

Na próxima semana comemoraremos, no dia 7 de setembro, o Dia da Independência do Brasil. Após 199 anos da formação do Estado Nacional Brasileiro, o projeto de nação brasileira nasceu inconcluso ao manter o regime monárquico e a escravidão e ainda permanece inacabado quando tem seu futuro aprisionado pelo atual governo que tenta colocar em marcha a destruição da democracia brasileira.

Foto: Divulgação

Por nação brasileira, estamos nos referindo à construção social e política de uma comunidade nacional, onde a soberania popular seja efetivamente praticada pelo povo brasileiro e seja capaz de promover o seu bem-estar num ambiente democrático sustentado em valores como a solidariedade, a tolerância, o respeito à diferença, a preservação do meio ambiente, a valorização do trabalho e a justiça social.

No entanto, vivemos uma nação em ruínas em que os princípios e valores mencionados anteriormente são totalmente negados por uma combinação perversa de autoritarismo político e neoliberalismo, o que agrava ainda mais a nossa triste trajetória histórica marcada pela desigualdade social e pela violência contra os pobres, os negros e as mulheres. 

Mas, esse cenário de destruição deve ser interrompido e precisamos nos mobilizar para tal. A nossa história já demonstrou que a ousadia política, a resiliência e a capacidade de luta do povo brasileiro jamais poderão ser subestimadas. Nosso futuro não pode ser sequestrado por quem quer que seja. Temos o direito de voltar a sonhar e sermos felizes. Nós já fizemos a esperança vencer o medo e nós o faremos novamente quantas vezes for preciso!

Comente este artigo. Envie um e-mail para [email protected]

Departamento de Formação