Autopeças: Campanha será nacional

Encontro nacional dos metalúr-gicos que trabalham nas autopeças reafirmou a disposição de lutar pelo contrato coletivo nacional e aprovou pauta de reivindicações da campanha salarial unificada deste ano.

O encontro aconteceu quinta e sexta-feira passadas em Sorocaba, reunindo 70 dirigentes representantes de 15 sindicatos da CUT e de outras centrais sindicais de todo o País. O presidente do Sindicato, José Lopez Feijóo, lembrou que o crescimento que o setor de au-topeças vem apresentando há mais de um ano ainda não refletiu no salário e condições de trabalho dos metalúrgicos. O Dieese mostrou que só neste ano as autopeças abriram 4.000 vagas, e desde o governo Lula houve um crescimento de 15% no nível de emprego no setor.

São três as prioridades na pauta de reivindicações da campanha salarial:

redução da jornada de trabalho sem redução de salário.
piso nacional.
organização no local de trabalho.

Na primeira semana de julho o pessoal nas autopeças têm encontro com companheiros dos outros setores para definir a pauta conjunta da campanha.