Como escrever bem?

Leia muito. Sem conteúdo não há argumentos e escrever é argumentar. Bons autores são essenciais para o conheci­mento de estilos e estruturas de texto, procure saber quem são os melhores. Informe-se em fontes de qualidade, dispense o dispensável.

Reescreva quantas vezes for possível. Se necessário faça uma pausa para clarear a mente. Tenha o costume de utilizar um dicionário, inclusive de sinôni­mos quando estiver redigindo. Palavras repetidas causam má impressão. Não “encha linguiça”: escreva de maneira simples, direta e com frases curtas.

Uma dica óbvia, mas pouco respeitada: domine a gramática e a utilize. Conheça o público que lerá o que você escreve. Escrever para o namorado ou a namorada é diferente de escrever para o professor. Um leitor com alta escolaridade exigirá mais do que leitores iniciantes.

De maneira alguma seja ofensivo ou deselegante, o que não significa que não possa, e deva, ser firme. Evite expressões estrangeiras, quase sempre haverá palavras no idioma em que estiver utilizando para essas substituições.

Fique tranquilo. Não existe texto perfeito, ele pode ser melhorado continuadamente. Enfim, pense que está escrevendo para outro e não para si mesmo. Boa sorte!

Comente este artigo. Escreva para [email protected] |

Departamento de Formação