Conquista: Confira suas horas extras

Os metalúrgicos da CUT são uma das poucas categorias que conseguiram incluir o controle de horas-extras num acordo coletivo.

Trata-se de importante conquista pois o excesso de hora-extra inibe a geração de emprego, piora as condições de trabalho e aumenta os riscos de acidentes e os casos de doenças no trabalho.

O controle foi firmado nos acordos coletivos das montadoras e do Grupo 5 (autopeças, forjarias e parafusos) e será negociado nos próximos meses nos demais grupos.

Lembre-se que se trata de um LIMITE para as extras e NÃO um mínimo que você deve cumprir.

Os limites e os adicionais

Montadoras

Até 29 horas mensais: Adicionais normais

Horas que passarem de 29: 75% de adicional de segunda-feira a sábado, 130% de adicional aos domingos, feriados e dias compensados

Grupo 5 (autopeças, forjarias e parafusos)

Até 30 horas mensais: Adicionais normais

Horas que passarem de 30: 75% de adicional de segunda-feira a sábado, 130% de adicional aos domingos, feriados e dias compensados

Limites anuais têm os mesmos adicionais

As horas extras que passarem do limite anual para o pessoal nas montadoras (275 horas) e no Grupo 5 (286 horas) terão os mesmos adicionais que os limites mensais.

Ou seja, os adicionais serão de 75% quando as horas forem cumpridas de segunda-feira a sábado e de 130% quando cumpridas aos domingos, feriados e dias já compensados.

O limite anual se dá pela soma dos limites mensais de 29 horas (montadoras) ou de 30 horas (Grupo 5).

Isso porque as horas que passarem do limite mensal estarão sendo pagas em cada mês com os devidos adicionais de 75% ou de 130%.