Consciência

Segundo o dicionário Aurélio: “Consciência é um substantivo feminino que designa sentimento ou conhecimento que permite ao ser humano vivenciar, experimentar ou compreender aspectos ou a totalidade de seu mundo interior”.

Foto: Divulgação

O mês de novembro é o mês da “Consciência Negra”. É um momento de afirmação da nossa cidadania, onde todos nós brasileiros precisamos parar, analisar, compreender, vivenciar os aspectos que formam a totalidade do nosso mundo interior chamado Brasil.

Precisamos ter Consciência de como nos formamos enquanto sociedade brasileira, Consciência das nossas “Raízes do Brasil”, da nossa formação como “Povo Brasileiro” e, também, do que permanece de opressão herdada da “Casa Grande e Senzala”.

Precisamos ter Consciência e Orgulho das nossas matrizes Afros que estão presentes nas nossas vestes, nos alimentos que comemos todos os dias, nas palavras e expressões que saem das nossas bocas, nos jeitos de sermos e de nos expressarmos.

Precisamos ter Consciência da nossa cultura, arte, música e arquitetura.

Precisamos deixar um pouco de lado a “Liga da Justiça” e seus heróis e passar a olhar um pouco mais para Zumbi dos Palmares, Saci e tantos outros e outras.

Quando assistimos aos clássicos do cinema brasileiro como “Xica da Silva”, “Luiz Gama” ou “Quanto vale ou é por quilo?”, nossa Consciência desperta para aquilo que precisamos mudar. A única forma de transformarmos a sociedade da qual fazermos parte é quando passamos a conhecê-la de forma consciente. 

Precisamos ter mais Consciência!

Comente este artigo. Envie um e-mail para [email protected] 

Departamento de Formação