Elétricos: Daimler apresenta caminhão movido a célula de hidrogênio

Conceito GenH2 integra portfólio que conta com duas versões do Mercedes-Benz eActros movido a bateria

A Daimler apresentou seu primeiro caminhão conceito da marca Mercedes-Benz movido a célula de hidrogênio, o GenH2, dedicado ao transporte de longa distância. Com autonomia de mais de 1 mil quilômetros, graças ao uso de hidrogênio líquido, o modelo marca o uso da tecnologia de célula de combustível, que entrará em testes com clientes em 2023. Segundo a empresa, sua produção está prevista para a segunda metade desta década, portanto, após 2025.

Além do GenH2, os executivos apresentaram ainda outras duas novidades: a primeira é a mostra pela primeira vez de uma prévia do Mercedes-Benz eActros LongHaul, caminhão elétrico movido a bateria e indicado para longas distâncias. Com autonomia de 500 quilômetros com apenas uma carga, o caminhão elétrico começará a ser produzido em 2024.

A segunda novidade ficou por conta do Mercedes-Benz eActros para serviços urbanos: o modelo elétrico, apresentado em 2018 e já testado em operações reais por clientes, também é movido a bateria e começa a ser produzido já em 2021. Sua autonomia promete ser ainda maior que a do protótipo, atualmente capaz de rodar 200 quilômetros com apenas uma carga.

Do Automotive Business